Nova empresa aérea é lançada, mas avisa que nunca terá aeronaves

Imagem: VAIRTUAL

Uma nova startup alemã, que se auto denomina uma disrupção de mercado na indústria da aviação, anuncia que está pronta para decolar. Fundada neste mês de julho de 2021, a empresa acaba de concluir com sucesso as primeiras rodadas de financiamento.

Como uma transportadora “virtual”, ou seja, sem um AOC (Certificado de Operador Aéreo) próprio, a VAIRTUAL declara que não possui nenhuma frota de aeronaves. Uma frota externa de companhias aéreas charter vai operar os voos oferecidos, o que, segundo a VAIRTUAL, oferece o máximo de flexibilidade em um ambiente de mercado dinâmico.

A notícia sobre este conceito de companhia aérea virtual é acompanhada de uma também curiosa maneira como eles oferecem seus voos em seu portal: a público cria uma demanda por certas rotas em datas específicas por meio de uma ferramenta de requisição de voo, ou REQUEST FLIGHT.

Com base nestes pedidos, a equipe da VAIRTUAL organiza os voos “Full Charter Wet Lease” (arrendamento de avião com tripulação para o voo charter completo) e entrega as ofertas com uma proposta de preço confirmada de volta aos passageiros interessados, que podem confirmar a Reserva imediatamente.

Imagem: VAIRTUAL

Os assentos restantes em aberto nos voos confirmados serão vendidos por meio de uma seção separada de BOOK FLIGHT.

Este conceito, descrito pela VAIRTUAL como simples, mas revolucionário, visa construir um novo relacionamento e uma comunidade de público do zero com os clientes, prosseguindo depois com potenciais repetidores. “Uma marca de amor com um potencial verdadeiramente global”, segundo a companhia.

Com o seu novo produto, o VAIRTUAL quer fazer com que os passageiros se sintam parte desta marca e da empresa, tendo como alvo grupos de nicho de lazer B2C e destinos de nicho / lista de opções, entre outros.

O produto de voo e o conceito de reserva baseiam-se nos valores fundamentais de simplificação, transparência, justiça, qualidade e sustentabilidade.

Lukas Hofmeister, CEO e fundador do VAIRTUAL, observa que a indústria de viagens mudou drasticamente sob os impactos da COVID-19:

“Estamos emergindo das cinzas na indústria de viagens / turismo / aviação e estamos usando uma das muitas novas oportunidades disponíveis para criar e oferecer um produto empolgante.

“O conceito de uma companhia aérea virtual em vez de uma companhia aérea operacional nos dará o máximo de flexibilidade sem jogar fora a força de uma marca única, digital e global.

“O portal terá funções muito limitadas nas quais se concentrar. Clareza e transparência serão os fatores-chave.”

A empresa acaba de iniciar o desenvolvimento do portal com a fornecedora Newgen Digital. Hofmeister revela que eles querem estar prontos para lançar os primeiros voos do VAIRTUAL a partir do primeiro trimestre de 2022.

Uma rede de rotas inicial será anunciada em breve, mas a empresa está visando a região DACH (Alemanha, Áustria, Suíça) como seu mercado de origem inicial.

O CEO convida todos os futuros passageiros interessados ​​e parceiros em potencial para acompanhar esses desenvolvimentos nos próximos meses por meio de todos os canais de mídia social e lançamentos no site vairtual.com.

Informações da VAIRTUAL

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias