Novo evento de aviação do Brasil recebe mais de 3 mil pessoas e já confirma nova edição

Imagem: AVIATRADE

A primeira edição do AVIATRADE, novo evento brasileiro de negócios de aviação, que terminou ontem, 23 de setembro, no Aeroporto de Jundiaí, foi considerada um sucesso pelos expositores. Para a maioria, o número de visitantes, os contatos e negócios iniciados superaram as expectativas.

O evento voltado à aviação leve teve como principal foco os proprietários e pessoas que planejam a aquisição de aeronaves bimotor, monomotor, leve e desportiva. Ao longo dos dois dias, 3.336 pessoas estiveram no AVIATRADE, que contou com mais de 50 marcas do setor.

“Ficamos muito entusiasmados com o AVIATRADE. O evento foi um sucesso, trouxe bons resultados, bons contatos, foi muito positivo. Parabenizamos a G2C pela iniciativa e pelo incentivo ao mercado da aviação”, disse Paulo Roberto Martins, diretor da J.P. Martins Aviação.

Imagem: AVIATRADE

Com o sucesso da estreia, uma nova edição já está confirmada para o ano que vem: o AVIATRADE acontecerá nos dias 22 e 23 de junho. “Por ser o primeiro evento depois da liberação das restrições, havia um certo receio do mercado, mas todas as expectativas foram superadas”, declarou Gledson Castro, diretor da G2C Events. 

Para a VOA-SP, que administra o aeroporto, o AVIATRADE também foi muito bom e vai entrar para o calendário oficial de eventos de Jundiaí.

“O sucesso foi além de nossas expectativas de público e movimentou mais de R$ 10 milhões em negócios. A VOA-SP, aliada à aviação executiva e de pequeno porte, entendeu que o AVIATRADE trouxe novos rumos à demanda reprimida do setor aéreo brasileiro. Essa foi a primeira edição, e graças a seu sucesso, a Prefeitura de Jundiaí irá colocar o evento no calendário oficial para os próximos dez anos, com o nosso compromisso de fazer a melhor feira de negócios aéreos nos próximos anos em todo o Brasil”, disse o presidente da VOA-SP, Marcel Moure.

Durante os dois dias do evento, os visitantes puderam conhecer mais sobre aviônicos, limpeza especializada, treinamento específico para a tripulação, contratação de seguro, serviços aeromédicos, negociação de inspeção pré-compra e manutenções programadas, bem como outros serviços, para maior segurança e conforto no momento da decisão de compra de uma aeronave.

Uma área de 8 mil metros quadrados do aeroporto foi reservada exclusivamente para o evento, e na área externa 14 aeronaves estiveram expostas.

Informações da G2C Events 

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Os dois últimos Rinocerontes-Brancos do Norte do mundo agora ilustram um...

0
A companhia aérea Kenya Airways fez uma parceria e pintou duas aeronaves com imagens de animais na fauna do país africano