Novo Força Aérea Um israelense é um belíssimo Boeing 767

A Israel Aerospace Industries (IAI) fez a apresentação hoje do Boeing 767 que servirá como Força Aérea Um israelense.

Boeing 767 de Israel © TLV Spotters

O jato é um Boeing 767-300ER ex-Qantas, que na empresa australiana ostentava a matrícula VH-OGV. Foi produzido em 2000 e estava estocado em Tel Aviv desde 2016 após ser aposentado de serviço na Austrália. A serviço de Israel terá a matrícula 4X-ISR, sendo o sufixo uma abreviação da palavra Israel.

Segundo a IAI, o jato será capaz de voar de Tel Aviv sem escalas para China, Japão, EUA e Brasil. O Boeing também está equipado com comunicações criptografadas para transmissões seguras entre o Primeiro Ministro e outras autoridades importantes.

Inicialmente o avião teria um chuveiro a bordo, mas isto foi desconsiderado devido à complexidade de instalar um sistema de encanamento.

O Força Aérea Um é o nome popular de qualquer avião que transporte o mais importante líder de cada país. O nome surgiu oficialmente nos EUA, após a USAF adotar o mesmo como indicativo de chamada no controle aéreo.

O Boeing 767 deverá fazer seu primeiro voo nos próximos dias. Recentemente, durante um teste de freios foi necessário acionar os bombeiros do aeroporto de Tel Aviv, já que fumaça foi detectada nas rodas, mas nada de grave aconteceu:

A encomenda deste Boeing 767 foi polêmica no governo de Benjamin Netanyahu, devido ao seu alto custo. Porém, o político não deverá usar o jato, já que o seu opositor, Benny Gantz, prepara-se para substituí-lo.

Com informações do Time of Israel

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos