Início Variedades Novo voo em outro planeta ocorrerá neste domingo, veja o plano

Novo voo em outro planeta ocorrerá neste domingo, veja o plano

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Projeção artística do rover filmando do helicóptero em Marte

Håvard Grip, piloto-chefe do helicóptero Ingenuity Mars no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA, comentou nesta sexta-feira, 23 de abril, sobre o plano para o próximo voo do equipamento no planeta Marte, que marca a primeira série de voos de uma aeronave fora da Terra.

Curiosamente, existe até uma caderneta de registro dos voos do Ingenuity, exatamente como ocorre com todas as aeronaves que decolam no planeta Terra. Segundo Håvard, na quinta-feira, 22, ele escreveu a entrada para o segundo teste de voo experimental bem-sucedido no diário de bordo oficial do projeto, que é chamado de “O Diário do Piloto Nominal para Planetas e Luas”.

Imagem: NASA/JPL-Caltech

Imagem: NASA/JPL-Caltech

A próxima chance de fazer uma inclusão de registro está chegando rapidamente: o terceiro voo é planejado para este domingo, 25 de abril, com conjuntos de dados iniciais e imagens chegando na sala de controle no JPL por volta de 7h16 PDT (11:16 do horário de Brasília).

Durante o segundo voo, em 22 de abril, o Ingenuity subiu de forma autônoma para 5 metros (16 pés) de altura, viajou 2 metros (7 pés) para o lado e para trás e permaneceu no ar por 51,9 segundos. Ele também fez três movimentos de giro, totalizando cerca de 276 graus.

A 1ª imagem aérea colorida captada pelo Ingenuity, no 2º voo em Marte – Imagem: NASA/JPL-Caltech

“Estamos sendo cautelosos com cada nova incursão nos céus de Marte, à medida que continuamos a construir confiança nas capacidades desta nova plataforma de exploração. Para o terceiro voo, estamos visando a mesma altitude, mas vamos abrir um pouco as coisas também, aumentando nossa velocidade máxima no ar de 0,5 m/s (1,8 km/h) para 2 m/s (7,2 km/h) à medida que avançamos 50 metros ao norte e voltamos para pousar. Estamos planejando um tempo total de voo de cerca de 80 segundos e uma distância total de 100 metros”, descreveu Håvard.

Embora esse número possa não parecer muito, é importante considerar que o Ingenuity nunca se moveu tanto lateralmente. Embora os 4 metros de movimento no segundo voo (2 metros para a lateral e 2 metros para trás) tenham fornecido muitos dados, ainda foram apenas 4 metros. Assim sendo, o Voo Três é um grande passo, no qual o Ingenuity começará a experimentar a liberdade no céu.

“Após cada um de nossos voos, tive o privilégio de preencher nosso diário de bordo e capturar os destaques do voo – algo que os pilotos têm feito desde os primeiros dias da história do voo. Embora já tenha feito anotações no diário de bordo como piloto de asa fixa terrestre, essas são as anotações mais incomuns que fiz. Elas também são as mais satisfatórias, não apenas porque representam o voo em outro planeta, mas porque cada anotação representa um tesouro de dados valiosos que nossa equipe passou anos se preparando para obter.”, finaliza Håvard.

Sair da versão mobile