O que aconteceu com o motor desse Boeing 737 MAX?

Um vídeo curiosos tem aparecido pelas redes sociais mostrando um Boeing 737 MAX soltando uma grande quantidade de fumaça de seu motor direito, causando espanto em muitas pessoas. Estaria o já problemático MAX tendo problemas de motor?

Vídeo 737 MAX fumaça acionamento motor

Acalme-se! A Boeing não está sendo alvo de mais uma das desventuras em série pelas quais tem passado. Pelo menos não nesse caso.

O vídeo que você verá abaixo mostra uma nuvem de fumaça branca sendo emitida a partir do motor direito por um longo tempo, enquanto o 737 MAX está em uma área da fábrica da Boeing. Note atrás da aeronave a grande parede metálica característica dos locais destinados a testes de motor, chamados de área de “run up”.

Mas então, qual seria o mistério por trás de toda essa fumaça, que mais parece que o avião fará parte de uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça?

A origem da fumaça misteriosa

Conforme descrito em inglês na legenda do vídeo que você viu acima, trata-se da queima de fluidos de preservação e lubrificação das partes internas do motor. Isso porque este motor é novinho, e nessa gravação ele está sendo ligado pela primeira vez desde que foi instalado na aeronave.

Durante o processo de fabricação, diversos fluidos são distribuídos pelas partes do motor para que elas não sejam atacadas por processos degradativos, como corrosão.

Durante a vida operacional, o motor será lubrificado e preservado pelos próprios fluidos que circularão por seu funcionamento. Entretanto, durante o processo de fabricação, como o motor permanece fora de operação até sua montagem ser concluída, é necessário protegê-lo com estes fluidos específicos para este fim.

Então, quando o motor é acionado pela primeira vez, tudo isso será queimado pelas altas temperaturas da combustão e do aquecimento das demais estruturas, transformando tudo em fumaça.

Este, inclusive, é exatamente o processo realizado pelos aviões de acrobacia para emitir a típica fumaça que você vê nos shows aéreos. Um tipo específico de óleo é despejado no escapamento do motor do avião acrobático, e a alta temperatura do escape o queima gerando a fumaça.

Esquadrilha da Fumaça

Portanto, o Boeing 737 MAX do vídeo não está com nenhuma problema (ao menos não de motor)!

Mas não confunda com o que você vê lá no céu!

Mas, atenção. Não confunda essa fumaça explicada acima com aquele rastro branco que você vê beeeem alto no céu, quando nota alguma aeronave passando em altitude de cruzeiro através do céu azul.

Avião Céu Azul Trilha Condensação Contrail

Nesse caso, ao contrário do que muitos dizem em teorias conspiratórias sobre produtos químicos sendo liberados na atmosfera, ou foguetes e mísseis passando, o que você vê é apenas água. É a chamada “condensation trail” (trilha de condensação), também conhecida de forma resumida por “contrail”.

Quando uma aeronave voa em altitude de cruzeiro, a temperatura do ar naquela região está bastante negativa, muito abaixo de zero grau. Assim, quando seus motores liberam na atmosfera os gases resultantes da queima do combustível, estes gases estão repletos de umidade, que encontra essas baixíssimas temperaturas.

Como resultado, a umidade dos gases se condensa, gerando uma espécie de nuvem, tanto de água condensada quanto até mesmo cristais de gelo.

Então, quando alguém te falar qualquer coisa estranha sobre aquele rastro branco no céu, você já sabe o que dizer. Ou então diga nada se a pessoa for muito teimosa, mas ao menos você sabe do que se trata!

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.