O último voo de passageiros de um avião soviético Tupolev TU-154 aconteceu hoje

Foto de Aeroprints via Wikimedia / Flickr

O último Tupolev Tu-154 realizou seu último voo civil regular na data de hoje, 28 de outubro de 2020, marcando o fim de uma carreira de 48 anos na aviação, iniciada ainda na era soviética.

A aeronave do derradeiro voo pertence à Alrosa Airlines e tem a matrícula RA-85757. A última decolagem foi publicada pelo Siberian Times em seu canal no Twitter e mostra o jato partindo da pista nevada do Aeroporto de Mirny, em Yakutia, com 141 passageiros a bordo, para um voo de três horas rumo a Novosibirsk-Tolmachevo.

“Durante o serviço com a Alrosa, o Tu-154M realizou 737 voos nessa rota, transportou mais de 160 mil passageiros, 1.224 toneladas de carga e 52 toneladas de correio,” disse a empresa em comunicado. A partir de agora, a empresa passa a operar com uma frota de Boeings 737.

Para a história

O Tu-154 foi projetado pelo Tupolev Design Bureau no início da década de 1960, quando União Soviética decidiu desenvolver seu próprio avião comercial usando o design inovador. Em 4 de outubro de 1968, o Tu-154 decolou pela primeira vez na versão de carga. O voo inaugural de passageiros ocorreu em 7 de fevereiro de 1972, com a Aeroflot. 

A aeronave foi designada para atender capitais europeias como Londres, Berlim ou Paris, onde atuou como uma vitrine da engenharia soviética. Dez anos depois, uma versão atualizada designada Tu-154M entrou no mercado. Maior, mais rápido e com maior alcance. A variante foi um sucesso comercial e foi vendida para várias operadoras nos países do Bloco de Leste.

Paralelamente, também foi empregada como aeronave militar, com o Tu-154B para transportar oficiais e o Tu-154S para atuar como cargueiro da Marinha Soviética.

O Tu-154 continuou operando após a queda da União Soviética, tanto como avião civil quanto militar, por longos anos. Com a aposentadoria do jato de passageiros da Alrosa, restam apenas aviões militares do modelo voando no mundo.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias