O olho do furacão Dorian em incríveis imagens aéreas!

Você que acompanha o Aeroin já deve ter visto que os Estados Unidos possuem três entidades que pesquisam os incríveis fenômenos da natureza chamados de furacões.

Entre as três, destaca-se a já bastante conhecida NOAA – National Oceanic and Atmospheric Administration, em português Agência Nacional Oceanográfica e de Atmosfera, que possui aeronaves destinadas a sobrevoar os furacões e, por incrível que pareça, até mesmo a voar em meio às tempestades do entorno e a descer até a parte interna superior do olho do furacão.

NOAA Dorian Hurricane Eye Olho Furacão
Imagem de radar mostra aeronave da NOAA em direção ao furacão

O intuito dos perigosos voos não é, obviamente, desafiar o poder da natureza. É colher o máximo possível de dados sobre a dinâmica das tormentas para pesquisas que possam melhorar a previsibilidade da evolução dos fenômenos para se evitar perdas humanas e materiais, ou ao menos minimizá-las o quanto possível.

E neste impressionante trabalho da equipe e das aeronaves da NOAA, incríveis imagens surgem todos os anos nos momentos das ações sobre os furacões mais poderosos, que geralmente se deslocam pelo Oceano Atlântico passando pelo Caribe até atingirem os Estados Unidos.

Confira a seguir algumas destas imagens divulgadas até o momento, feitas a partir do olho do furacão Dorian. Note o absurdo tamanho da circunferência do olho, a região de calmaria do interior que, segundo dados divulgados, já chegou a 10 milhas náuticas (em torno de 18 km).

NOAA Dorian Hurricane Eye Olho Furacão

NOAA Dorian Hurricane Eye Olho Furacão

NOAA Dorian Hurricane Eye Olho Furacão

NOAA Dorian Hurricane Eye Olho Furacão

Conheça a seguir um pouco mais sobre o impressionante trabalho desses corajosos caçadores de furacões:

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.