Portuguesa Orbest será a nova operadora do Airbus A330neo

Se o novo Airbus A330neo falasse, certamente seria em português! Depois da TAP estrear o modelo, e a HiFly e a Azul encomendá-lo, mais uma aérea de língua portuguesa irá voar o novo jato: agora é a vez da Orbest.

A330neo Orbest
Concepção do A330neo na Orbest

A aérea Orbest não é muito conhecida dos brasileiros. Ela foi fundada originalmente pela gigante espanhola do ramo hoteleiro Iberostar. A proposta era fazer uma leisure airline, ou seja, uma empresa para atender exclusivamente ao passageiro turístico para destinos onde a empresa tem hotéis e resorts.

Entre altos e baixos, a companhia foi comprada em 2013, como Orbest Orizonia, pelo grupo Barceló, que também possui uma grande rede de hotéis na Península Ibérica, Mediterrâneo, Canárias e Caribe. O grupo Barceló decidiu então criar duas aéreas diferentes: a Evelop e a Orbest, servindo respectivamente Espanha e Portugal. Atualmente a divisão portuguesa conta com apenas um avião: o Airbus A330-300ceo CS-TRH em classe única (econômica), para 388 passageiros.

A encomenda original do A330neo foi feita pela Evelop, mas uma decisão do grupo levou-a a utilizar apenas o A350-900 XWB, já entregue. A escolha do A330-900 para a aérea portuguesa tornou-se pública apenas após a empresa solicitar voos para o Caribe com o novo jato.

Segundo o portal RoutesOnline, a partir de 29 de março de 2020, a rota Lisboa – Cancún será feita uma vez por semana pelo Airbus A330-900neo da Orbest, aumentando para duas frequências em 02 de junho. Já a rota Lisboa – Punta Cana se inicia em 30 de março do próximo ano com uma frequência semanal, indo para três voos por semana a partir de 10 de junho. A configuração interna não foi divulgada mas também deve ser de 388 assentos.

Além da Orbest, as conterrâneas TAP (que estreou o modelo mundialmente) e a HiFly operam o A330neo. Marcando assim Portugal como o maior país com operadores do novo jato da Airbus, posto que não deve mudar por décadas. Além disso, a brasileira Azul também já recebeu e voa com o novo jato da Airbus. Parece que o A330neo caiu no gosto da língua portuguesa, não?

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Senadores ficam enfurecidos com plano de segunda pista no Aeroporto de...

0
Representantes do governo disseram entender as razões dos senadores catarinenses, mas não se comprometeram com a realização da obra.