Os destinos no interior do país que a Itapemirim já quer voar no ano que vem

O plano de voo da Itapemirim Transportes Aéreos é ambicioso, e inclui cidades-chave no interior do país já em 2022.

A empresa, que tem o primeiro voo programado para o dia 30 de junho e vem realizando a venda de passagens, principalmente, para rotas entre cidades-tronco como Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Salvador, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, também colocou recentemente novos destinos à venda.

No sistema de reservas já é possível encontrar voos para cidades secundárias de sua malha de rotas, com destino ao interior do país e também a algumas capitais menores. Todas essas cidades serão servidas a partir do ano que vem, segundo a programação atual da companhia.

A primeira delas é Macapá, capital do Amapá, para onde os voos começam em fevereiro e de onde partirão voos diretos e diários para Belém no Pará.

Já em abril é a vez de Imperatriz, no Maranhão, com voos para o Galeão (Rio de Janeiro) e o voo interestadual para São Luís. João Pessoa, na Paraíba, também entrará no mesmo mês na lista de destinos da Itapemirim com voos para Brasília e Rio de Janeiro. Também ganharão voos a cidade de Presidente Prudente, em São Paulo, com voos para a capital paulista (Guarulhos); o município de Uberlândia para Brasília, e da cidade catarinense de Navegantes para Rio e São Paulo.

Em maio é a vez de Campo Grande ganhar voos da ITA para Brasília e Cuiabá, sendo que esta última terá a estreia da companhia em voos para a capital federal e outros dois novos destinos: Porto Velho e São José do Rio Preto (SP). Da cidade do interior paulista serão feitos voos para Guarulhos.

Por fim, e não menos importante, em junho a Itapemirim irá estrear em Maringá com voos para Curitiba, e em Teresina para Brasília e Fortaleza.

Veja abaixo como ficarão as rotas estreantes de 2022 na ITA, num mapa gerado pelo Great Circle Mapper. As informações foram obtidas em 16 de junho e podem sofrer alterações futuras, na medida em que a empresa se ajusta ao mercado.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

DHL trocará aviões e veículos terrestres por 4.000 drones de entregas

0
A gigante da logística, DHL, e a desenvolvedora e operadora de drones de carga, Dronamics, assinaram um acordo de parceria para desenvolver