Voando juntos, quatro A330 da South African chegam ao seu destino final nos EUA

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Os quatro Airbus A330-200 da South African Airways que estiveram em São Paulo no último final de semana já estão no seu destino final: o deserto dos Estados Unidos.

South African
Jatos indos para os EUA © FlightRadar24

Os jatos chamaram a atenção no final de semana passado quando vieram como um “esquadrilha” de Joanesburgo para São Paulo, voando com uma diferença de minutos entre eles. O comboio pousou em Guarulhos no sábado, sem passageiros e passou todo o domingo em solo paulista, provavelmente para descanso de tripulação antes de seguir viagem.

Nas primeiras horas de segunda-feira (18), as aeronaves decolaram também em sequência e agora já estão em seu destino final, a cidade de Tucson, no estado do Arizona, costa oeste dos Estados Unidos.

O motivo da viagem não tem nada de secreto, mas trata-se da devolução das aeronaves depois que a South African declarou que encerrará operações.

Airbus A330-200 da South African

A rota é similar à que foi feita pelos seus quadrijatos A340 no início do ano, no entanto, aqueles tiveram como destino final San Bernardino, na grande Los Angeles, onde se encontram até hoje esperando por um novo dono.

Aliás, este também deve ser o destino dos quatro A330, ou seja, ficarem estacionados até que um novo dono apareça, o que pode ser uma tarefa de meses, já que a aviação passa pela maior crise da sua história. Se o tempo passar muito a ponto de comprometer a célula de voo, não se descartará a possibilidade de que os quatro bimotores virem sucata.

Enquanto elas não encontram um novo operador, seu destino será o descanso no deserto de Tucson, onde a baixa umidade ajuda na conservação do equipamento.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Ouça o que disse o presidente da Gol a bordo do...

0
O presidente da GOL Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, falou ontem durante o primeiro voo do Boeing 737 MAX modificado com passageiros no Brasil.