Ouça o momento em que o piloto foi avisado que estava decolando fora da pista

Cena da animação de vídeo e áudio que você vê abaixo nesta matéria

Novas informações sobre o incidente ocorrido com o Airbus A330, que teve sua decolagem iniciada fora da pista, mostram como foi a comunicação entre o piloto e o controlador de tráfego aéreo no momento em que se deu a ocorrência.

Segundo o áudio registrado, acompanhado de uma animação do movimento do avião pelo mapa do aeroporto de Newark, é possível acompanhar desde as instruções prévias dadas aos pilotos do Airbus A330-300 da matrícula TC-JNI, no voo TK-30 da Turkish Airlines, até a continuidade do taxiamento posterior ao incidente.

Airbus A330-300, modelo envolvido no incidente – Imagem: Victor / CC BY-NC-ND 2.0, via Flickr

Primeiro, nota-se o controlador informando que havia outro avião para pousar, mas que estava a 13 milhas de distância, portanto, o Turkish estava autorizado a decolar da pista 22R a partir da taxiway W.

A resposta do piloto não é captada pela gravação, e logo depois observa-se o avião ultrapassando a pista (destacada em cinza-escuro) e alinhando incorretamente na taxiway P que fica do outro lado da pista.

Então, a aeronave começa a corrida de decolagem na taxiway P até o controlador notar e avisar: “Turkish 30D, cancele a autorização de decolagem, você está na taxiway P, senhor”.

O piloto responde “Parar na pista, Turkish 30D Pesado”, o que parece indicar que ele ainda não havia se dado conta de que estava na taxiway, mas apenas que havia sido instruído a cancelar a decolagem e parar na pista.

Deste momento em diante, o controlador e o piloto prosseguem com as comunicações do taxiamento em solo e da necessidade de uma espera do Airbus A330 em solo até a nova decolagem, por conta dos freios que ficaram superaquecidos devido à frenagem intensa da partida abortada.

Veja a seguir o áudio e a animação (a depender do dispositivo que você estiver utilizando, poderá utilizar as configurações no canto do vídeo para ativar a tradução automática de legenda para o português):

Para rever todos os detalhes sobre este incidente, você pode rever a matéria anterior clicando aqui ou no título a seguir:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Passageira ganha processo após comprar bilhete aéreo, mas Azul a colocar...

0
A Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba deu provimento à Apelação Cível nº 0807769-34.2020.8.15.0001 para fixar em R$ 3 mil