Ouça o que disse o presidente da Gol a bordo do 1º voo do 737 MAX modificado

O presidente da GOL Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, falou aos presentes anteontem (2), a bordo do primeiro voo do Boeing 737 MAX com passageiros no Brasil, após sua liberação. O vídeo foi publicado pelo comandante Fernando Pamplona em sua conta no Twitter (espere carregar).

Primeiro, o executivo destacou que a bordo estavam pessoas da GOL que representam cada área da empresa, as quais trabalharam para que o MAX retornasse à ativa.

Diz ele: Fomos a foi a primeira companhia aérea no mundo a fazer um voo depois que o MAX teve autorização para retornar ao serviço. Isto é o resultado de trabalho conjunto, e aqui estou falando da GOL, do agente regulador, a ANAC, e todas as pessoas que trabalharam em conjunto com a Boeing, com os reguladores internacionais, para que a gente pudesse fazer isso hoje”.

Ele pede também que os funcionários compartilhem o sucesso do primeiro voo após pousarem, enviando mensagens para suas respectivas áreas.

“A todos vocês que estão aqui presentes eu queria deixar registrado meu agradecimento especial, pessoal, em nome de toda a diretoria e do Conselho da Gol, por terem feito esse momento possível… Tão logo a gente pouse agora em Confins, que vocês possam mandar a maior quantidade de mensagens aos nossos times, para que eles possam compartilhar desse momento especial”.

O presidente também apresenta sua família e a de Constatino Jr., demonstrando a confiança pessoal no equipamento, e que os seus familiares representam a família dos funcionários da GOL.

A expectativa é que a GOL volte com os voos comerciais de passageiros do MAX nos próximos 15 dias, e que receba ainda este ano novas aeronaves.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Segunda onda: Peru adiciona o Brasil à lista de países com...

0
Diante do avanço do vírus em várias regiões do mundo, o presidente interino do Peru, Francisco Sagasti, aprovou novas medidas restritivas