Outro Boeing 747 chega a Curitiba para socorrer o Jumbo que fez pouso duro

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um segundo Boeing 747 da Cargolux chegou a Curitiba durante esta semana, criando a rara cena de dois Jumbos da companhia aérea em solo brasileiro, depois que a primeira aeronave ficou em solo por dias, na sequência de seu pouso duro na terça-feira.

O Jumbo retrô, de matrícula LX-NCL, foi pintado nas cores dos anos 1970 da companhia cargueira, quando a empresa voava com o clássico quadrijato Douglas DC-8. Ele veio para Curitiba na terça-feira, dia 8 de setembro, cumprindo o voo regular Luxemburgo – Rio de Janeiro – Curitiba.

Porém, ao chegar no Paraná fez um pouso muito forte (clique aqui para rever o vídeo), que foi flagrado pelos nossos colegas do PlaneSpotterHDCuritiba e chamou a atenção ao longo da semana.

Apesar de não haver confirmação, a suspeita levantada no meio aeronáutico é de que a aeronave teve algum dano por consequência do incidente, embora também seja possível que o Jumbo apenas teve coincidentemente qualquer outra pane sem relação com o referido pouso.

Assim, para trazer peças e pessoal para executar o trabalho de manutenção, a Cargolux enviou outro Jumbo, de matrícula LX-MCL, que chegou em Curitiba às 20h45 de quinta-feira, dia 10.

Esta aeronave veio de Campinas, mas não cumprindo um voo regular, já que a empresa não opera na capital paranaense no dia e horário em que ocorreu a operação. Sendo assim, ficaram dois Jumbos da Cargolux ao mesmo tempo no aeroporto, cena rara de se ver no Brasil.

Este segundo 747-400F ficou apenas uma hora em solo do Aeroporto Internacional de Curitiba, tendo decolado em seguida de volta para Campinas. Já o 747 retrô, que foi reparado, seguiu viagem apenas no dia seguinte, sexta-feira, também para Viracopos.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Dia 9/12: data em que a GOL espera o primeiro voo...

0
Está chegando a hora de ver novamente o Boeing 737 MAX nas operações regulares da GOL. Hoje novas operações foram registradas na ANAC.