Paraguai passa a exigir vacina de febre amarela para brasileiros

A LATAM Airlines Brasil informa que, desde 10 de maio de 2019, o Ministério da Saúde Pública do Paraguai passou a exigir o Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela de todos os passageiros com mais de um ano de idade e que estejam viajando entre o Brasil e Paraguai (origem ou destino). 

Avião Airbus A320-200 LATAM Airlines

O Certificado deve ser apresentado no aeroporto de origem comprovando que o passageiro tenha tomado a dose da vacina com, pelo menos, dez dias de antecedência da data da viagem ao Paraguai. Se isso não acontecer, o cliente não poderá embarcar.  

Atualmente alguns países exigem certificado de vacinação contra a febre amarela (que pode ser obtido na ANVISA mais próxima): Colômbia, Peru, Moçambique, Bolívia, Venezuela, Panamá, Cuba, África do Su, Vietnã, China e Malta. Para conexões curtas de até 6 horas sem sair da área de embarque normalmente não é exigido, favor conferir caso a caso.

Em caso de dúvidas, os clientes podem entrar em contato com o Call Center da LATAM pelos telefones 4002-5700 (nas capitais) ou 0300-570-5700 (nas demais localidades do Brasil).

Pela Assessoria de Imprensa da LATAM

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos