Paralisia do governo dos EUA pode deixar pilotos (e aviões) no chão

Com parte do orçamento dos EUA travado devido ao impasse da liberação de recursos para a expansão do muro na fronteira com o México, uma “bomba-relógio” pode explodir na aviação em alguns dias.

A Federal Aviation Administration – FAA, agência reguladora de aviação dos EUA, está incluída na parte do governo afetada pela paralisia devido à falta de aprovação do orçamento pelo congresso.

É através da FAA que pilotos emitem suas carteiras, mas também as renovam. O especialista Phil Derner Jr. alertou que a FAA pode diminuir o ritmo ou paralisar alguns serviços.

Com isso, obtenções e renovações de habilitações e de certificados médicos podem atrasar ou não serem feitos. Sem habilitações ou certificados válidos, os pilotos não podem pilotar, o que pode causar uma paralisia em diversas companhias aéreas e de táxi aéreo.

A paralisia do governo para aprovação de orçamento já faz parte da rotina da política americana. Mas Trump irá bater um novo recorde de paralisia caso o orçamento não seja aprovado.

O partido democrata não quer ceder na questão do muro e o impasse deve continuar por pelo menos alguns dias. Os controladores de tráfego aéreo também estão trabalhando sem receber, e alguns sindicatos alertaram sobre riscos para a segurança da aviação.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos