Partes de um Boeing 787 caem e quebram vidros de carros na Itália

Um Boeing 787-8 da Norwegian havia decolado de Roma com 298 passageiros a bordo, rumo a Los Angeles, quando uma falha detectada logo após a decolagem obrigou a tripulação a declarar emergência e retornar. E foi então que o incidente aconteceu.

Vidro carro quebrado itália 787
O vidro de um carro, quebrado pelas peças do 787

O periódico italiano Corriere Della Sera reportou um incidente ocorrido na tarde de hoje com o Boeing 787-8 de matrícula LN-LND, pertencente à Norwegian Air, em que partes do motor caíram pouco antes do pouso de emergência, destruindo o vidro dianteiro de um carro em Isola Sacra, nas imediações do aeroporto de Roma.

A aeronave, que é impulsionada por dois motores Rolls-Royce Trent-1000, realizava o voo DY7115 de Roma para Los Angeles quando, logo após a decolagem, sofreu uma “falha no motor”. Rapidamente, a tripulação reportou ao controle de tráfego que estava em emergência e solicitou o retorno.

Após um par de órbitas para despejar parte do combustível, a aeronave foi acompanhada pelo controlador de tráfego aéreo até que pousasse novamente no aeroporto Fiumicino. Era uma agradável tarde de verão e os moradores de Isola Sacra jamais imaginariam o que estava para acontecer.

Quando o 787 passou por sobre a região, a cerca de 400 metros de altura, fragmentos de metal começaram a cair sobre os carros. Felizmente os danos foram apenas materiais, mas poderiam ter causado algo mais grave.

As partes recolhidas pelos moradores

Vários moradores ligaram imediatamente para o corpo de bombeiros, que vasculhou a região e encontrou alguns carros e telhados de casas danificados, além de pedaços do motor esquerdo do Boeing em ruas e casas.

Os fragmentos, de cerca de 5 a 10 centímetros de tamanho, foram encontrados ao Norte da estrada Ernesto Cabruna. Alguns moradores os coletaram na rua e nas sacadas das casas. 

Região onde caíram os detritos

A Agência Nacional de Segurança de Voo italiana abriu uma investigação sobre o incidente. Inspetores foram enviados para examinar o motor da aeronave e também para a área onde caíram os detritos. 

Um porta-voz da Norwegian disse:

“O voo DY7115 de Roma Fiumicino (FCO) para Los Angeles (LAX) teve um problema técnico alguns minutos após a decolagem desta tarde. A aeronave retornou ao aeroporto, onde pousou com segurança. Todos os 298 passageiros a bordo do voo estão sendo atendidos no terminal pelos nossos agentes e pelo aeroporto.

A segurança dos nossos clientes e tripulação é sempre a nossa principal prioridade. Estamos trabalhando ativamente com o Aeroporto de Roma e as autoridades italianas na investigação. Por isso, não podemos comentar mais sobre os aspectos específicos deste evento.”

Informações do Corriere de la Sera.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.