Partida do B777 da Alitalia de Curitiba, noturna e chuvosa, gera vídeo com belo efeito de luzes

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Se o canal parceiro Plane Spotter HD Curitiba já costuma receber muitos elogios por estar sempre atualizado em relação a todo movimento do Aeroporto de Curitiba, em São José dos Pinhas (PR), essa dedicação em estar sempre gravando por lá também tem sido premiada com cenas especiais de muita beleza.

Além da incrível chegada do MD-11F da Lufthansa Cargo neste final de semana, que mostramos ontem aqui no AEROIN, poucos dias antes a partida noturna e sob chuva do Boeing 777 da Alitalia também resultou em uma gravação com um belo efeito de luzes na escuridão:

O vídeo que você assistiu acima foi feito na quarta-feira, 16 de dezembro. Conforme acompanhamos durante a semana, o Aeroporto Afonso Pena recebeu uma operação não regular da companhia aérea italiana, marcando sua primeira passagem da história pelo aeroporto paranaense.

Apesar da visita da empresa aérea que tradicionalmente faz apenas voos de passageiros, a operação transportou exclusivamente carga. A Alitalia não tem aviões cargueiros, mas devido à pandemia do coronavírus tem adaptado seus jatos de passageiros para tal função, e foi contratada para este voo.

O Boeing 777-200ER da matrícula EI-ISD chegou de Milão na própria quarta-feira, e depois partiu rumo a Roma.

Segundo o Plane Spotter HD Curitiba, a decolagem era prevista para 22:10, mas, quando o jato se preparava para sair, o mundo desabou em chuva. Várias aeronaves que chegavam para pouso entraram em espera, pois o aeroporto ficou impraticável.

Finalmente, às 10:42, quando o mau tempo deu uma brecha, a tripulação finalmente pôde partir, embora ainda sob chuva, o que gerou as belas imagens da gravação.

Caso você não tenha visto o vídeo da chegada do Boeing 777 na quarta-feira, ou o da linda aproximação do MD-11F neste sábado, pode assisti-los acessando as duas matérias a seguir.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Está entregue o 100º Boeing 747-8F, e agora só restam cinco...

0
Este é o penúltimo a ser produzido para a companhia. Depois da entrega do último, restarão apenas mais 4 Jumbos a serem concluídos à Atlas.