Passageira abre saída de emergência de avião por estar com calor

Após a ocorrência, a companhia aérea precisou inspecionar o Boeing 737 antes de liberá-lo no voo de retorno, para garantir que não havia sofrido dano.

leia mais!