Passageira com máscara é expulsa de avião após piada sobre a proteção facial

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Uma passageira da American Airlines foi expulsa de uma aeronave que se preparava para partir com destino à capital, Washington, após fazer piadas sobre o uso de máscaras. Curiosamente, a mulher em nenhum momento retirou do rosto a proteção que usava, mas a companhia considerou que ela poderia causar problemas após a decolagem. O evento aconteceu em janeiro.

Segundo informações do portal View From The Wing, o vídeo da confusão viralizou (abaixo). Nas imagens, é possível ver outros passageiros ao redor da mulher pedindo à tripulação que esquecesse o problema e seguisse viagem. A passageira reclamava que apenas tinha feito uma “brincadeira” ao ameaçar não usar máscara durante o voo, mas um comissário insistiu que ela precisava desembarcar por descumprir as regras da companhia.

A American Airlines, mesmo antes da legislação assinada por Biden que obriga o uso de máscaras em voos, já exigia o uso da proteção. Passageiros que se recusam a usar podem ser punidos com a proibição de novas viagens. No caso, a companhia alegou que quis evitar problemas durante o voo, mesmo ela estando com a cobertura.

Em meio à efervescência política dos EUA, num momento de recente transição presidencial, muitos disseram que ela foi expulsa devido à sua opção política. Tudo isso porque a mulher usava um chapéu de apoio ao ex-presidente Donald Trump, o que levou a diversos internautas a alegarem que essa foi a única causa da expulsão da passageira e defenderam o boicote à American Airlines.

Assista ao vídeo:

A seguir do incidente, a empresa divulgou uma nota em que reforçou a sua política de uso obrigatório de máscara durante todo o voo e que o descumprimento pode levar a punições ao passageiro.

Confira o posicionamento da companhia:

Na noite do dia 6 de janeiro, uma cliente do voo 2198 da American Airlines com serviço do Aeroporto Internacional de Charlotte (CLT) para o Aeroporto Nacional Ronald Reagan de Washington (DCA) foi solicitada a desembarcar antes da partida por não cumprir nossa política de cobertura facial.

Para garantir o bem-estar de nossos clientes e membros da equipe, a American Airlines exige que todos os indivíduos com mais de dois anos usem coberturas faciais durante a viagem – nos aeroportos e a bordo. Os clientes são lembrados dessas diretrizes ao longo do tempo em que viajam com a American. Aqueles que não desejam cumprir a política de cobertura facial da American a qualquer momento durante a viagem podem ter o embarque negado ou impedidos de viajar no futuro durante a vigência desta política”.

Fabio Farias
Jornalista e curioso por natureza. Passou um terço da vida entre aeroportos e aviões. Segue a aviação e é seguido por ela.

Veja outras histórias