Passageiros se unem em cantoria e fazem piada com casal expulso de voo nos EUA

Passageiros do voo AA-1469 da American Airlines da última sexta-feira (17) transformaram um longo atraso em motivo de riso aos se unirem em cantoria dirigida a um casal expulso pelo não uso de máscara a bordo. A cobertura facial é mandatória nos Estados Unidos por decreto federal.

O voo de Miami para Houston, que já estava atrasado por várias horas, poderia ter um novo problema quando um casal se indispôs com os comissários de bordo, se negando a colocar a cobertura facial após o embarque. Mesmo com a insistência dos tripulantes, não houve acordo e o avião, que iria iniciar o táxi, teve que voltar ao portão, bem como a polícia precisou ser chamada para escoltar os dois para fora.

<

Um vídeo gravado por passageiros e compartilhado pela rede NBC (ver acima) mostra que não houve resistência ou gritaria, ao contrário, mostra os demais passageiros do voo, em uníssono, cantando um clássico de 1969 da banda Steam, enquanto riem dos dois expulsos, que estão na parte dianteira removendo suas bagagens de mão.

A música, que tem um refrão muito famoso, diz: “Na na na na, hey hey, adeus!”.

A American Airlines se pronunciou sobre o ocorrido, dizendo: “O voo 1469 da American Airlines, com serviço de Miami (MIA) para Houston (IAH), retornou ao portão para desembarcar dois clientes que se recusaram a cumprir as instruções dos tripulantes ou a cumprir os requisitos de máscara. Agradecemos os membros da nossa equipe pelo seu profissionalismo e pedimos desculpa aos nossos clientes pelo incómodo”.

Não foram dados mais detalhes, mas certamente esses dois são fortes candidatos a serem banidos de voos da American Airlines.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Piloto mostra voo em que o motor se partiu pouco depois...

0
No momento em que se nota o motor falhando, com certa vibração na aeronave, o piloto comenta que não deveria ter tentado fazer o que fez.