Passando-se por piloto da Lufthansa, indiano é preso ao tentar mais um golpe

Um homem apresentando-se como piloto da Lufthansa foi detido por funcionários da segurança de um aeroporto quando tentava embarcar na última segunda-feira, 18 de novembro.

Piloto Falso Lufthansa Preso Índia

Rajan Mahbubani, 48 anos, morador de Vasant Kunj, na Índia, admitiu ter realizado mais de 15 voos no passado se passando por piloto da Lufthansa, apenas para evitar longas filas, verificação de segurança e obter tratamento preferencial, como atualizações gratuitas e acesso direto ao avião.

Segundo o Business Today, Mahbubani foi preso no Terminal 3 do aeroporto Aeroporto Internacional Indira Gandhi, na capital indiana, enquanto tentava embarcar em um voo da AirAsia India para Calcutá. Ele foi descoberto depois que a companhia aérea ligou para o escritório da Lufthansa para confirmar a viagem de um piloto usando o uniforme da companhia alemã com um cartão de identificação.

A Lufthansa solicitou ao pessoal da segurança do aeroporto e à equipe da AirAsia que desembarcassem o farsante e o entregassem à Polícia de Délhi para mais investigações.

Durante a investigação, Rajan revelou que havia comprado o documento falso em Bangcoc e usado nos aeroportos de Déli e Calcutá várias vezes nos últimos seis meses. Além disso, ele publicou vídeos no Tiktok e no Youtube com o mesmo uniforme.

Piloto Falso Lufthansa Preso Índia

O falso piloto se apresentava como consultor e instrutor da base da Lufthansa em Calcutá. Após a descoberta, ele foi entregue à polícia do aeroporto e uma investigação rigorosa foi aberta.

“Gostaríamos de dizer que mantemos todas as políticas de segurança e, até a conclusão da investigação, não poderemos fornecer detalhes específicos com relação a isso”, disse o chefe de segurança da AirAsia India.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.