Pássaro danifica motor de A320 da LATAM e jato volta ao aeroporto

Avião Airbus A320 LATAM
Airbus A320 da LATAM, semelhante ao do incidente

Uma aeronave da LATAM Airlines Brasil precisou retornar ao aeroporto de partida, após uma colisão com pássaro (“bird strike”) danificar parte do motor durante uma decolagem em João Pessoa, na Paraíba.

Segundo dados reportados pelo The Aviation Herald, o incidente ocorreu na tarde do último domingo, dia 6 de junho, com o Airbus A320 registrado sob a matrícula PR-MHM, quando começava o voo regular LA-3174 de João Pessoa com destino a Guarulhos, em São Paulo.

A aeronave em questão iniciou seu táxi até a cabeceira da pista 16 do Aeroporto Castro Pinto, de onde partiu às 13h18 (horário de Brasília). Durante a fase inicial de subida, a tripulação interrompeu a ascensão com cerca de 3.000 pés (pouco mais de 900 metros), pois o motor direito do Airbus havia ingerido um pássaro.

Realizando os procedimentos padrão diante da ocorrência, que é corriqueira nos voos realizados por todo o mundo, a aeronave efetuou algumas órbitas de espera até pousar seguramente na pista 16, cerca de 25 minutos após a decolagem.

Dados obtidos através da plataforma RadarBox, mostram a trajetória da aeronave desde a decolagem até o pouso.

Imagem: RadarBox

Na imagem abaixo é possível observar os danos causados nas lâminas do fan (ventilador frontal) pelo impacto do pássaro no motor CFM International CFM56 direito do Airbus A320.

Imagem via The Aviation Herald

Um segundo A320, registrado sob a matrícula PR-MHP, foi colocado para cumprir a rota até o Aeroporto Internacional de Guarulhos, onde chegou com cerca de 6 horas e 30 minutos de atraso. Ainda segundo dados do RadarBox, a aeronave envolvida na ocorrência permanece em solo até a publicação desta matéria. Devido aos importantes danos às lâminas, levará algum tempo até a troca das peças.

Em nota, a companhia informa que prestou assistência para os passageiros que tiveram que esperar pela aeronave reserva, enquanto a equipe de manutenção da LATAM já iniciava trabalhos de reparo do motor.

“A companhia prestou toda assistência necessária aos passageiros impactados. Por fim, reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”, disse a companhia.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias