Pela primeira vez, Azul irá pousar em pista de grama que é colada na fronteira

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Azul Linhas Aéreas fará algo bem raro na aviação brasileira moderna: voos regulares em uma pista de grama e, de quebra, na fronteira.

A empresa anunciou nesta semana que irá voar de Porto Alegre para Sant’Ana do Livramento, ambas cidades gaúchas. A última está localizada no extremo sul do Brasil e faz fronteira com o Uruguai, onde está a cidade de Rivera, que inclusive conta com um aeroporto internacional (embora seu tamanho não faça jus ao nome).

No entanto, o destino escolhido pela Azul está do lado brasileiro, já que o voo doméstico exige menos burocracias, e o aeroporto de destino é o da Fazenda da Paz, um aeroporto privado em Sant’Ana do Livramento, com código ICAO SIXD e duas pistas de grama, uma com 799 metros de comprimento e outra com 620 metros, segundo consta do AISWeb.

Dados do aeroporto na página da Força Aérea – AISWEB

Mesmo sendo um aeroporto privado, com o Programa Voo Simples, ele pode ser operado comercialmente, permitindo à Azul Conecta, subsidiária regional da Azul, fazer seus voos com os versáteis turboélices Cessna C208B Caravan. Esse modelo é muito conhecido pela robustez e a capacidade de operar em vários tipos de terreno. Por alguns, é conhecida como trator dos ares.

Outro detalhe interessante da rota é que o aeroporto é margeado pela linha de fronteira, sendo possível inclusive ver o Uruguai de dentro do aeroporto ou do avião, algo bem incomum para as viagens domésticas de um país continental como o Brasil.

As passagens serão vendidas no mês que vem com previsão de início de operações em maio, com três voos por semana.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias