Início Aeroportos Pelo clima, Amsterdã bane anúncios de voos baratos em estações de metrô

Pelo clima, Amsterdã bane anúncios de voos baratos em estações de metrô

Foto: KLM

As estações de metrô de Amsterdã não poderão mais ter anúncios sobre passagens aéreas muito baratas ou carros movidos a combustíveis fósseis. A medida faz parte do plano da cidade de defender opções de energia mais verdes e é resultado da parceria entre o município e a operadora de publicidade CS Digital Media.

Informa o Dutch News, que o município explicou que a proibição se aplica apenas a produtos que destacam o uso de combustíveis fósseis, e não a empresas que oferecem esses projetos em geral. Isso significa que as companhias aéreas ainda poderão se anunciar em cerca de 40 estações de metrô da cidade, mas sem indicar o preço de voos.

“Queremos ser uma cidade onde a energia é usada com moderação, onde a energia só é gerada de forma sustentável e onde as matérias-primas e materiais são reutilizados indefinidamente. Desta forma, a Comissão pretende reduzir as emissões de CO2 em Amsterdã em 55% até 2030. A publicidade que permitimos na cidade deve refletir essa ambição”, disse Marieke van Doorninck, vereadora de sustentabilidade da cidade.

O CEO da CS Digital Media, Mark Veenman, disse que o projeto estava alinhado com o movimento global “Race to Zero” em direção a um futuro de zero emissões, “As metas de sustentabilidade devem ser levadas a sério por todos. Nossa indústria também tem um papel importante nesse processo”, afirmou. “Para tornar atraente para o anunciante participar dessa iniciativa, também estamos lançando o ‘DOOH Good’: tempo de tela extra para os anunciantes que destacam os benefícios de produtos e serviços sustentáveis”.

Amsterdã é a primeira cidade da Holanda a proibir tais anúncios em espaços públicos. Em 2017, Amsterdã também proibiu todos os anúncios sobre alimentos não saudáveis dirigidos a crianças nas estações de metrô da cidade. 

Sair da versão mobile