Mais uma pesada peça, de 54 toneladas, é transportada por um Antonov AN-124

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A companhia aérea Antonov Airlines concluiu um pedido urgente para uma missão de transportar um rotor de 54 toneladas, usado para geração de energia, de Gana para a Índia para reparos, e depois de volta para Gana após os reparos.

Membros do The Heavy Lift Group (THLG) e do Rhenus Project Logistics US fretaram o voo para transportar o rotor de 10,50 metros de comprimento, 3,89 metros de largura e 4,13 metros de altura de Accra, Gana, a Mumbai, Índia, e vice-versa.

A Antonov Airlines utilizou equipamentos de carga projetados por sua equipe interna de engenharia, enquanto os guindastes externos para carga e descarga no aeroporto foram organizados pela Rhenus Project Logistics US para garantir os mais altos níveis de segurança para as equipes e cargas.

A companhia aérea também desenvolveu instruções técnicas e a Rhenus Project Logistics US auxiliou o cliente no redesenho do skid (suporte) para garantir que o rotor com suas pás fosse encaixado na fuselagem.

Imagem: The Heavy Lift Group

“Esta operação de transporte exigiu uma preparação bem coordenada e ações de ambos os parceiros para voar com segurança uma carga tão grande e pesada”, disse Vladyslav Ishchuk, executivo comercial da Antonov Airlines.

A companhia forneceu a aeronave AN-124 nas datas necessárias durante um período extremamente movimentado para o cliente, a fim de minimizar os impactos da interrupção resultante da parada do gerador de energia para reparo da peça.

“A Rhenus Project Logistics US e a Antonov Airlines têm uma associação que remonta a mais de 15 anos, que envolveu vários trabalhos fretados para clientes mútuos e é um testemunho da força e experiência que os membros do THLG trazem para seus clientes”, disse Ritesh Nair, diretor de vendas globais da Rhenus Project Logistics US.

Embora outros aviões comerciais cargueiros possuam capacidade de carga superior a 54 toneladas, como o Boeing 777F (104 toneladas de carga paga) ou o Boeing 747-8F (134 toneladas), eles não possuem estrutura para suportar um peso tão grande concentrado em uma única peça, motivo pelo qual o projeto da Antonov se destaca em transportes especiais como este.

Com informações da Antonov Airlines e do The Heavy Lift Group

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Passageiro filma seu avião engolindo um bando de pássaros durante a...

0
Os pilotos de um Boeing 767-300 abortaram a decolagem de Cuba na quinta-feira (23), depois que sua aeronave se encontrou com um bando