Pessoas comuns podem comprar bilhete para voo de teste do A380 da ANA

Assim como tantas outras aeronaves de grande porte mundo afora, os dois Airbus A380 da frota da All Nippon Airways (ANA) ainda estão condenados a não voar nas rotas da empresa por algum tempo. Mas, como qualquer equipamento, os aviões precisam ser acionados para manter sua mecânica e fluidos em movimento, para tanto, a ANA os envia regularmente para voos de testes.

Mas dessa vez será um pouco diferente, pois, atendendo a inúmeros pedidos, a empresa japonesa dará oportunidade para que fãs possam obter bilhetes para um desses voos, como reporta a franquia japonesa do Yahoo!.

Teste com passageiros

Esse voo de teste está programado para 22 de agosto e será executado no avião de registro JA381. A quem quiser embarcar, o assento na Classe Econômica está disponível a partir de 19.000 ienes (154 euros). Aqueles que preferem voar na Business ou Primeira Classe precisam pagar um pouco mais: 35.000 ienes (283 euros) ou 50.000 ienes (405 euros), respectivamente.

Essa será a primeira vez que a ANA receberá passageiros pagantes a bordo de um voo de testes, que terá o número NH2030. O embarque está programado para as 14h (horário local) e o desembarque deve ocorrer por volta das 16h. A viagem deve durar 90 minutos, o ponto inicial e final da viagem é o hub de Narita.

“O Grupo ANA realizará um voo charter no sábado, 22 de agosto, para responder às vozes de clientes que desejam experimentar um voo turístico no Airbus A380 ‘Flying Honu'”, escreveu a companhia aérea em seu site.

Por dentro, o A380 terá uma decoração especial e os viajantes receberão uma lembrancinha e um certificado de voo. Segundo a ANA, haverá um serviço de bebidas a bordo. Além disso, a companhia aérea está planejando algumas ações especiais durante o voo.

A Tartaruga Voadora

A ANA emprega seus dois A380 exclusivamente na popular rota de férias de Tóquio a Honolulu. No entanto, o Havaí ainda tem uma proibição de entrada e, desde março, os A380 de matrículas JA381 e JA382 estão oficialmente parados na capital japonesa, sem uma previsão de retorno. Um terceiro A380 está pronto na fábrica da Airbus, mas a ANA pediu para postergar a entrega para o final desse ano.

As “tartarugas voadoras” da ANA estão certamente entre os A380 mais impressionantes do mundo, por sua vistosa pintura, que caiu perfeitamente na fuselagem do superjumbo. Os aviões foram apelidados de “Flying Honu”, em homenagem à tartaruga-verde do Havaí.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Belavia pode ter devolvido, de uma vez, todos os aviões Embraer...

0
A empresa aérea de bandeira da Bielorússia parece ter sentido o efeito da pressão dos países europeus contra o ditador que comanda o país.