Pianista consegue R$ 300 mil em gorjetas após influencer o gravar tocando no aeroporto

Na última semana, o influenciador digital norte-americano Carlos Whittaker fez alguns posts em seu Instagram que se tornaram virais. Suas publicações levaram a um enorme número de gorjetas ao homem, que somaram US$61.000 (equivalentes a R$ 300 mil).

Whittaker é um palestrante e autor com 203.000 seguidores no Instagram. O USA Today reportou que ele deveria voar para um evento na quarta-feira, mas o programa foi cancelado devido a um surto de COVID-19. Durante uma parada em Atlanta, quando já se encontrava a caminho de volta para sua cidade natal, Nashville, Whittaker sentou-se no terminal A do aeroporto e se deparou com o pianista Tonee Valentine, disse ele em um vídeo do Instagram

No mesmo vídeo, Whittaker registrou as habilidades de Valentine e comentou que o pianista estava “tocando com o coração enquanto quase ninguém o nota”. Em um ponto do vídeo, Whittaker mostrou a cuia azul onde o artista recebia sua gorjeta, que continha apenas uma pequena quantia em dinheiro. Em seguida, Whittaker iniciou uma conversa com o homem e lhe perguntou se ele apareceria em seu podcast, “Human Hope”.

“Ele me perguntou: eu tenho esperança na humanidade?” Valentine contou ao The Washington Post sobre seu encontro com Whittaker. “E eu disse não a ele. Eu não via isso. Mas, é claro, isso mudou”.

Na entrevista com Whittaker, que foi vista mais de 700.000 vezes até o momento da escrita, a dupla discutiu como o pianista foi diagnosticado com uma doença renal e faz diálise “todas as noites durante nove horas” antes de trabalhar no aeroporto.

Whittaker decidiu então pedir a seus seguidores do Instagram a darem alguma gorjeta para o pianista. “Quero dar uma grande gorjeta a ele quando ele sair daqui a 40 minutos”, disse Whittaker a seus seguidores durante o vídeo. “Tudo que eu conseguir durante os próximos 40 minutos, vou colocar na conta dele”.

Não demorou muito para que as doações chegassem para Valentine, que continuou a tocar piano enquanto o dinheiro se acumulava. Quando Whittaker teve que pegar seu voo, seus seguidores já tinham doado US$ 10.000.

“Eles acabaram de depositar US$ US10.000″, disse Whittaker a Valentine no vídeo.

“Quem são eles?” Valentine perguntou.

Whittaker disse a Valentine: “são 170.000 estranhos que amaram seu piano. Pedi a eles que dessem dinheiro a você porque você é um grande ser humano e está mudando a vida das pessoas ao tocar, e você é tão sincero e as pessoas amam você”.

Mas não parou por aí. As doações continuaram e Whittaker escreveu na legenda do vídeo que até sexta-feira (23), as doações totalizaram US$ 61.000.

Valentine parecia visivelmente chocado com a notícia, de acordo com fotos que Whittaker compartilhou no Instagram. O pianista disse ao The Washington Post que foi inspirado pela bondade de Whittaker e planejava ajudar a alguém mais com todo aquele dinheiro.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias