Pilatus estende intervalo das revisões do PC-12

Imagem: Divulgação / Synerjet

Os engenheiros da Pilatus recentemente desenvolveram e certificaram o novo plano de manutenção do PC-12, para dar maior flexibilidade no que diz respeito ao intervalo das manutenções e inspeções necessárias. O Plano se aplica a todas as aeronaves PC-12 e reduzirá a mão-de-obra de manutenção de 20 a 40%.




Com base em uma análise detalhada na experiência de mais de 6,8 milhões de horas voadas pela frota em operação, os intervalos de manutenção programada foram estendidos de 100/150 horas para 300 horas. Operadores de Pilatus PC-12 que voam em média 300 horas por ano contarão com uma redução na mão-de-obra de manutenção programada de aproximadamente 20%, enquanto operadores de alta utilização que voam mais de 800 horas por ano economizarão até 40%.

Imagem: Divulgação / Synerjet

Intervalos de manutenção personalizados

O novo plano de manutenção lista todas as tarefas de manutenção programadas com intervalos máximos, permitindo que os operadores escolham essas tarefas de acordo com suas próprias operações e necessidades. Para operadores que desejam um programa de inspeção predefinido, a nova política de manutenção também fornece as tarefas pré-estabelecidas em seis intervalos diferentes:

– 300 Flight Hours (FH);
– 300 FH / 12 Months (MO)*;
– 600 FH;
– 600 FH / 12 MO*;
– 1200 FH / 12 MO*;
– 2400 FH / 24 MO*.
* As horas de voo ou os intervalos de tempo do calendário são entendidos como “o que ocorrer primeiro”.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Synerjet.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.