Piloto automático do Boeing 737 MAX pode não desligar, diz EASA

A maior crise na história da Boeing parece não ter fim: o problemático 737 MAX agora teve mais um defeito descoberto: problemas no piloto automático.

O MCP – Mode Control Panel de um 737NG, mesmo do MAX e que é o painel controlador do piloto automático © Morten Hansen

A EASA – Agência de Segurança da Aviação Civil da União Européia, enviou para a sua similar americana, a FAA, e para a Boeing uma lista com cinco “problemas” que ela detectou no MAX e quer que sejam resolvidos antes de autorizar o retorno em serviço da aeronave.

Além dos já conhecidos problemas com o detector do ângulo de ataque (AOA), com a dificuldade de operar o compensador (trim wheel) manualmente, com falta de treinamento adequado e a mais recente falha nos microprocessadores do avião, a EASA descobriu problemas no piloto automático.

O problema seria que o piloto automático não desliga (desacopla e para de intervir nos comandos do avião) em certas situações de emergência. Neste caso os pilotos não teriam tempo para interver na aeronave antes de evitar uma tragédia.

Apesar do reporte da Bloomberg não detalhar, o problema estaria relacionado à “briga” que tanto os pilotos da Lion Air quanto os da Ethiopian Airlines tiveram: após detectar uma atitude incorreta do piloto automático devido aos dados errôneos fornecidos pelo AOA ao MCAS, os pilotos assumiram o controle da aeronave, porém instantes depois o piloto automático teria voltado a agir de maneira “voluntária”.

A FAA se limitou a dizer que está trabalhando com a Boeing e outras agências de aviação civil para colocar o MAX de volta em serviço. Já a Boeing não comentou em específico a questão do piloto automático.

Uma possível mudança no software do piloto automático seria um desastre ainda maior para o 737 MAX, que ao que tudo indica só deverá voltar a voar no próximo ano.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos