Piloto do 747 de Floripa repete “técnica especial” em pouso do outro lado do mundo

Repetindo a manobra que causou polêmica em Florianópolis no meio desse ano, o mesmo Boeing 747 utilizou de uma “técnica especial” ao pousar em Bangladesh, causando um frisson e viralizando nas redes sociais. Espere o vídeo abaixo carregar.

A aeronave envolvida na manobra é um dos poucos 747-200 em operação no mundo hoje. Ele carrega a matrícula ER-BAT e pertence à empresa Fly Pro da Moldávia. A visita ao Brasil aconteceu em junho e marcou a estreia do jumbo em Floripa, enquanto trazia um carregamento de máscaras vindo da China.

Nessa semana, o mesmo Jumbo foi flagrado no Aeroporto Internacional Hazrat Shahjalal, que serve à Daca, capital de Bangladesh, e utilizando da mesma técnica de conhecida como “Aerobreaking Landing“. Desta vez, o piloto manteve o nariz do avião no alto por praticamente 25 segundos, cinco segundos a mais que feito em Florianópolis.

Na verdade, não é necessariamente uma técnica, mas sim uma forma de lidar com a física para aumentar a área exposta e o arrasto aerodinâmico como forma de apoiar o pouco. O procedimento é ensinado em treinamentos de pilotos, mas sua eficácia na aviação comercial de grandes jatos é objeto de dúvida, já que os manuais dos aviões não mencionam tal processo. Ainda assim é bonito de ver.

Clique aqui para ver como a FAA descreve essa prática (página 6), utilizada bastante por pilotos americanos e que no Brasil também é conhecida como “pouso americano” por algumas pessoas. 

O Aerobreaking não é recomendado no manual da Boeing, já que os freios são mais eficientes para a parada do jato e ainda existe o risco do tailstrike. Mas ainda assim é utilizado por muitos pilotos, principalmente os formados em escolas militares.

O Lito do Aviões & Músicas falou um pouco sobre essa polêmica na época:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias