Início Variedades Piloto da Emirates é multado em $10 mil por promover festa privé...

Piloto da Emirates é multado em $10 mil por promover festa privé em iate

Imagem: Emirates

A Polícia de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, multou em Dhs10.000 (aproximadamente R$16.000) um piloto da companhia aérea Emirates após flagra em uma festa num iate particular. O grupo desrespeitou as leis locais de proteção contra a disseminação da COVID-19, conforme determina o governo do país.

A informação foi divulgada pela conta oficial no Twitter da Polícia de Dubai (@DubaiPoliceHQ) e repercutiu na imprensa do mundo árabe.  O caso aconteceu em outubro, quando 25 convidados se reuniram em um iate no litoral do emirado. Alguns dos presentes compartilharam vídeos da festa nas redes sociais, enquanto ela estava em andamento, o que acabou levando o fato até os policiais.

O grupo não respeitou as regras de distanciamento social, não usava máscaras nem adotou outras medidas de segurança sanitária. Além do piloto, que organizou o evento, os convidados também foram multados, mas em valor menor, de Dhs 5.000 (cerca de R$8.000). A companhia aérea não se manifestou.

A Polícia de Dubai exortou o público a apoiar os esforços para conter a disseminação do COVID-19 por meio da prática de distanciamento social e abstenção de organizar ou participar de eventos lotados. No dia da festa, um sábado, os Emirados Árabes Unidos registraram 1.231 novos casos de coronavírus, o maior total diário registrado até aquele momento. Naquele dia, duas pessoas morreram pela doença, segundo a matéria do The National.

Iates ancorados em marina de Dubai IMAGEM: Imre Solt via Wikimedia
Sair da versão mobile