Piloto esquece o microfone ligado e lança xingamentos na frequência do tráfego aéreo

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um piloto de Boeing da Southwest Airlines está com a corda no pescoço após xingar uma região da Califórnia na frequência de Controle de Tráfego Aéreo.

O caso aconteceu em San Jose, na Califórnia, uma das principais cidades da chamada Bay Area, que é a área da Baía de São Francisco. Este Aeroporto de San Jose é a principal entrada para o Vale do Silício, conhecido pelas companhias de tecnologia como Facebook e Google, ali sediadas.

Todo o Vale do Silício fica no Norte da Califórnia, que é de longe a região mais progressista dos EUA em termos políticos e ambientais. Pessoas que se identificam com estas pautas nos EUA são chamadas de “Liberals”, que seria a tradução direta para “Liberais”, mas cujo conceito não se assemelha ao que ouvimos no Brasil. Na América, os Liberals estão mais à esquerda e os Conservatives à direita.

Aparentemente, o piloto faz parte deste último grupo.

Na gravação obtida na íntegra pelo canal VASAviation, que foi até restrita para maiores de idade pelo YouTube devido aos xingamentos, o piloto do voo SWA-531, de San Jose para Seattle, faz vários xingamentos.

Ele começa: “É, vá se f* para este lugar, se f* os liberais”. E continua, enquanto faz referência às armas, falando de “puxar oito armas para fora em algum local aqui perto”. A Califórnia em geral, e o norte principalmente, tem duras restrições à posse e porte de arma, algo garantido pela constituição americana.

O áudio não é muito claro e tem cortes da própria transmissão, sendo que depois o piloto fala que “eles (norte-californianos) devem estar dirigindo estas merdas de Hyundais e andando lento para cacete”.

“Você não tem bolas se não tiver um rolling coal cara”. Rolling Coal é uma modificação no ponto de ignição de motores diesel para que saia muita fumaça, algo bastante visto em camionetes grandes e em competições de arrancada.

Aparentemente, o piloto não sabia que estava com o microfone da comunicação com o controle de tráfego aéreo aberto, e acabou não percebendo que os xingamentos saíram ao público.

O áudio dos xingamentos acabou viralizando e diversas pessoas pediram a demissão do piloto. A Southwest Airlines informou que a conduta do piloto não condiz com a empresa e que tomará as medidas necessárias, sem dar detalhes.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Sem competição, eficiência e justiça tributária, voar será mais caro e...

0
A pandemia trouxe de volta dois temas que atormentaram a vida dos brasileiros por décadas: a inflação e a concentração de mercado.