Piloto faz pouso de emergência após homem se trancar no banheiro no dia 11/09

Um Airbus A320 precisou realizar um pouso de emergência após um passageiro se trancar no banheiro e se recusar a sair. O caso assustou os demais viajantes, pois aconteceu em 11 de setembro, data memorável que lembra os atentados terroristas ao World Trade Center, nos Estados Unidos, usando aeronaves de passageiros.

O avião da companhia suíça Edelweiss Air estava realizando o voo de número WK-371, que havia partido de Larnaca, no Chipre, para Zurique, na Suíça, quando a atitude suspeita de um russo de 51 anos de idade fez com que a tripulação optasse por um pouso em Graz, na Áustria.

Edelweiss Air
Airbus A320 da Edelweiss Air – Kambui, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O histórico das plataformas de rastreamento de voos mostram que A320 usado no voo era o de matrícula HB-IHX. Note na imagem a seguir o desvio da rota para o pouso em Graz:

Imagem: FlightRadar24

O homem que havia se trancado no banheiro foi retirado da aeronave por policiais e a aeronave passou por uma inspeção, com objetivo de buscar por qualquer vestígio que pudesse comprometer a segurança dos passageiros e da aeronave. Após nada ser encontrado, o Airbus A320 foi liberado para seguir até seu destino na Suíça, porém sem o passageiro que causou o atraso.

O russo foi interrogado e liberado sem acusações pelas autoridades. Segundo relata o Paddle Your Own Kanoo, o porta-voz da polícia da Áustria disse que o passageiro se comportou de forma cooperativa com as autoridades e mostrou voluntariamente toda a sua bagagem. Além disso, nenhum objeto perigoso foi encontrado e durante a entrevista ele não deu nenhuma informação sobre as razões de seu comportamento.

Além deste caso, outro também causou problemas em meio ao dia da memória dos ataques de 11 de setembro. Uma ameaça de bomba feita por telefone levou uma aeronave a ser evacuada na pista de pouso. Para acompanhar este caso, clique aqui.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias