Piloto pousa na pista errada de Congonhas e causa um grave incidente

Phenom 100 – Foto de Alan Lebeda, GFDL 1.2, via Wikimedia

Um jato do modelo Embraer EMB-500 Phenom 100 de matrícula PR-ARR, registrado em nome da empresa Cocal Indústria e Comércio de Cana-de-Açúcar e Álcool, esteve envolvido num incidente grave no aeroporto de Congonhas, após pousar na pista errada.

Segundo consta da base do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (​CENIPA), a aeronave decolou do aeroporto Marcelo Pires Halzhausen, em Assis (SP), com um piloto e um passageiro, para um voo privado até São Paulo.

A aproximação foi totalmente realizada para a pista 35R, a pista auxiliar e de menor comprimento do aeroporto de Congonhas, no entanto, na hora do pouso, o piloto pousou na pista 35L por algum motivo não especificado, sem consentimento do controlador de tráfego aéreo, que havia autorizado pouso na 35R.

Na imagem abaixo, o marcador vermelho mostra onde foi o pouso, enquanto o verde diz onde ele deveria ter aterrissado.

Imagem: Google Maps

A aterrissagem em uma pista não autorizada pelo controlador configura um caso grave per se, quando se trata de Congonhas esse risco potencializa por tratar-se de um aeródromo crítico. A pista 35L, onde o piloto pousou, é extremamente movimentada e usada pela aviação comercial.

O caso ocorreu no dia 10 de junho e o incidente, que foi classificado como grave, segue em investigação. A aeronave encontra-se com status regular na ANAC.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

DHL trocará aviões e veículos terrestres por 4.000 drones de entregas

0
A gigante da logística, DHL, e a desenvolvedora e operadora de drones de carga, Dronamics, assinaram um acordo de parceria para desenvolver