Piloto que pousou Airbus A320neo em pista em construção não sabia da existência dela

Investigadores que analisam o pouso de um Airbus A320neo da Air India em uma nova pista em construção nas Maldivas revelaram que o comandante desconhecia sua existência.

Air India A320neo pouso pista errada
Faixa enroscada no trem de pouso após o erro de pista

A aeronave, de registro VT-EXL, estava chegando de Trivandrum com 114 pessoas a bordo em 7 de setembro do ano passado, e foi liberada para o aeroporto de Velana, em Malé, com uma expectativa de aproximação por procedimento RNAV à pista 18.

Apesar de haver um NOTAM (comunicado) avisando que uma segunda pista quase paralela estava em construção, a cerca de 190 metros a leste, o comandante afirmou que “não estava ciente” do NOTAM, nem que havia duas pistas, diz o Comitê Coordenador de Investigação de Acidentes das Maldivas.

“Na carta que ele tinha, havia apenas uma pista”, diz o documento, que  salienta que, embora o capitão tenha voado quatro ou cinco vezes para o aeroporto, ele não havia pousado anteriormente pela cabeceira 18.

Embora a copiloto do Airbus tivesse conhecimento do NOTAM da construção da pista, ela “não compartilhou” essas informações com o comandante, diz o inquérito.

A autorização de pouso foi dada antes da aeronave reportar que estava a 7 milhas náuticas da pista. A copiloto declarou ao controle de tráfego aéreo que a tripulação tinha a pista à vista quando estava a 4 milhas náuticas.

As marcações na nova pista eram “mais brilhantes e mais destacadas” do que as da pista em uso, diz o inquérito, e sua cabeceira também estava mais próxima da aeronave que se aproximava.

As marcas de pista fechada na nova cabeceira “não estavam totalmente de acordo” com as recomendações da OACI (Organização da Aviação Civil Internacional), acrescenta, e suas marcas padrão não foram “disfarçadas” conforme necessário até sua inauguração.

O toque do A320neo foi normal, mas a aeronave passou por um pedaço de tecido branco a cerca de 100 kt (185 km/h).

Air India A320neo pouso pista errada

Os controladores da torre estavam “completamente distraídos” quando a aeronave se aproximou, diz o inquérito, informando a tripulação apenas após o pouso: “Você acabou de pousar em uma pista errada”.

Verificou-se que havia um pano branco preso no trem de pouso principal esquerdo do A320neo da Air India e um pneu estava muito danificado.

Informações pelo Flight Global.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.