O piloto que deixou o avião dar uma escapadinha ao virar na pista

No último dia 2 de agosto de 2019, a AAIASB (agência de aviação da Grécia) informou que uma ocorrência com um ATR-42 em julho foi agora classificada como um acidente e está sob investigação.

Sky Express ATR-42 Acidente

A aeronave da Sky Express estava fazendo a volta na cabeceira (procedimento chamado de backtrack) no dia 12 de julho para alinhar na pista 36 do aeroporto de Naxos para a decolagem, quando as rodas principais da aeronave chegaram ao final da pista. A aeronave caiu no desnível do terreno e sofreu danos substanciais.

O avião modelo ATR-42-500, de registro SX-FOR, realizaria o voo GQ-405 de Naxos para Atenas com 46 passageiros e 3 tripulantes. Não houve feridos.

Passageiros de voos anteriores relataram que era comum aeronaves recuarem na pista (“darem ré”) após o backtrack, usando a força do reverso das hélices, para chegar bem perto do começo da pista e obter a maior distância de pista possível para a decolagem.

A pista de Naxos tem oficialmente 900 metros / 2950 pés de comprimento útil para a decolagem. Ainda não se sabe se o acidente ocorreu no momento do backtrack ou se o piloto completou o backtrack e caiu depois, ao tentar recuar “de ré”.

Sky Express ATR-42 Acidente

Sky Express ATR-42 Acidente

Informações pelo The Aviation Herald.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.