Piloto volta com sua aeronave para buscar família que ia para um funeral.

IMG_2376

Um piloto da DELTA AIRLINES voltou com sua aeronave ao portão de embarque para que uma família em luto pudesse embarcar. O fato aconteceu essa semana, em Minneapolis enquanto a aeronave estava no procedimento de pushback.

A família Short havia sofrido um atraso de 90 minutos em Phoenix e estava, literalmente, correndo para conseguir pegar seu segundo voo de Minneapolis para o Tennessee. Sua viagem tinha como objetivo a participação no funeral do pai e avô, Ray Short, de 56 anos, que morreu em Dezembro, vítima de câncer no pulmão.




Quando a família chegou no portão de embarque, foi avisada pelo pessoal do aeroporto que já era tarde e que a torre de controle não permitiria que a aeronave retornasse.

“A mulher iniciou uma chamada e nos disse que não havia nada que pudessem fazer, que a torre não permitiria que a aeronave retornasse, então minhas irmãs e minha mãe se sentaram e começaram a chorar, enquanto eu tentava gritar através do vidro”, disse um dos irmãos.

O piloto disse que viu o rapaz no vidro e que notou as “lágrimas e tristeza” da família. Percebendo que era o último voo daquele dia entre as duas cidades, o comandante então pediu para que o trator lhe empurrasse de volta para o portão de embarque, para que a família pudesse embarcar.

“Eu estava chorando muito e não podia acreditar que perderíamos o voo e o funeral do meu pai. Nós somos muito, muito gratas àqueles pilotos”, disse a mãe ao canal Fox 10.

Informações do periódico Independent.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.