Pilotos esquecem de mudar a frequência e causam a partida de caças Eurofighter

Mais um caso de incidente de falta de comunicação entre pilotos e controlador de tráfego aéreo aconteceu na semana passada, quando uma aeronave que estava transportando carga foi interceptada por caças de ataque após a tripulação não responder na frequência de rádio.

SA227-DC Metroliner, semelhante ao da ocorrência – Imagem: Bidgee / CC BY-SA 3.0 AU, via Wikimedia Commons

A ocorrência aconteceu na última quarta-feira, dia 23 de junho, com o bimotor SA-227AC Metroliner registrado sob a matrícula EC-GPS, que estava realizando um transporte de carga regular com dois tripulantes a bordo.

Segundo informações obtidas pelo The Aviation Herald, a aeronave da Fligthline, companhia aérea espanhola, estava realizando o voo de número FTL832, que partiu do Aeroporto Internacional de Saragoça, capital da região de Aragão, no nordeste de Espanha, com destino ao Aeroporto Internacional de Brno, na República Checa.

A aeronave estava voando no FL240 (cerca de 24.000 pés), já no espaço aéreo austríaco, próximo a Lienz, quando não realizou o contato com o Controle de Tráfego Aéreo (ATC).

A partir do possível esquecimento dos tripulantes em contatar o ATC, dois caças Eurofighter Typhoon da Força Aérea Austríaca decolaram da Base Aérea de Hinterstoisser para interceptar a aeronave de carga. Pouco depois, porém, foi reestabelecido o contato e o avião continuou o voo para Brno, sem mais intercorrências.

Eurofighter Typhoon da Força Aérea Austríaca – Imagem: Markus Zinner / CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Após o incidente, o Ministério da Defesa da Áustria informou que os caças foram designados para interceptar a aeronave, pois não estava claro se os tripulantes estavam adoecidos ou se a aeronave havia sido sequestrada. Posteriormente, descobriu-se que a tripulação simplesmente tinha se esquecido de mudar a frequência do rádio e, por isso, o contato com o ATC não havia sido feito.

Leia também:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Avião Embraer ERJ-145 CommutAir United Express

Jatos Embraer ERJ-145 da CommutAir ganham uma renovação total em seu...

0
A empresa aérea regional americana CommutAir anunciou na segunda-feira (6) o lançamento de um esforço para atualizar e substituir