Pilotos da Malaysia Airlines vão trabalhar nas áreas de vendas e TI

Uma nova opção pode estar surgindo para os pilotos da estatal Malaysia Airlines: a companhia está oferecendo cursos profissionalizantes de vendas e TI para seus pilotos e demais tripulantes de cabine.

Segundo o portal Aerotime, o grupo controlador da companhia aérea está oferecendo programas para os funcionários dos cargos mais afetados pela Pandemia do Coronavírus. Ao todo, a empresa pretende treinar 2 mil pessoas em novas funções, incluindo administração de instalações, vendas, auditoria e suporte técnico de informática.

Após a conclusão dos cursos, os funcionários serão transferidos de departamento, recebendo salário integral mas mantendo suas carteiras de voo válidas.

“Com a Pandemia, é importante que preparemos a nossa força de trabalho com novas habilidades para se tornar mais eficiente nas suas funções atuais ou mudar para cargos que estão surgindo, assim como apoiando nossos objetivos de negócio. Esta é a hora perfeita para que os nossos funcionários se reinventem”, afirma Izham Ismail, CEO do grupo que controla a Malaysia Airlines.

De fato, com a grande queda na demanda por viagens, os profissionais que se desvincularam de suas empresas aéreas muitas vezes têm que se distanciar de suas funções por algum tempo. Na Tailândia, por exemplo, ocorreu uma situação assim, quando um piloto de Airbus A330 se viu obrigado a fazer entregas de comida via aplicativo com sua moto, após a aviação sofrer uma parada brusca:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias