Pilotos são suspensos por esquecerem de pressurizar a cabine do avião

Dois pilotos da indiana SpiceJet foram suspensos por quatro meses após esquecerem de ativar o sistema de pressurização da cabine durante um voo doméstico no meio deste ano

Spicejet pilotos

Dois pilotos de Boeing 737 foram impedidos de voar por quatro meses depois que se esqueceram de ativar um interruptor para garantir a pressão da cabine em um voo doméstico na Índia. A Direção Geral de Aviação Civil suspendeu as licenças dos dois depois de determinar que eles “esqueceram” de colocar o ‘interruptor’ na posição ‘ON’.

O incidente em questão ocorreu em 14 de junho deste ano, quando um voo da SpiceJet de Hyderabad a Jaipur teve que voltar logo após a decolagem devido a “falha de pressurização”, de acordo com o relatório da DGCA. As máscaras de oxigênio foram acionadas quando o avião atingiu uma certa altitude.

O voo estava sendo operado pelos comandantes Sunil Mehta e Vikram Singh. Enquanto Mehta serviu como piloto, Singh foi o primeiro oficial do voo. A DGCA culpou Mehta por esquecer de ligar o interruptor durante a preparação da cabine, instruções de partida e manobras pós-decolagem.

O primeiro oficial Vikram Singh, por outro lado, aparentemente disse que o interruptor estava na posição ‘LIGADO’ enquanto passava pela lista de verificação pós-decolagem, mesmo estando na posição desligada. Uma lista de verificação (“checklist”) contém as tarefas que os pilotos devem executar em diferentes estágios de um voo.

A DGCA constatou que as ações dos pilotos “comprometeram a segurança da aeronave e de seus ocupantes.

Imagem: Divulgação / Boeing.

O que é o Bleed Switch?

É essencialmente um botão no painel da cabine que desvia o ar dos motores de uma aeronave para a cabine. Isso garante pressão suficiente no interior do avião, sem a qual passageiros ou tripulação não conseguiriam respirar nas alturas que os jatos voam.

Às vezes, eles ficam na posição desligada durante a decolagem. Isso ocorre porque, às vezes, devido a voos muito pesados, os pilotos precisam de toda a potência de seus motores para decolar e não podem permitir que o ar extra seja enviado para a cabine.

No entanto, os pilotos garantem que o interruptor seja LIGADO após a decolagem – essa tarefa é mencionada nas listas de verificação dos aviões. Os pilotos da SpiceJet que voaram no voo de 14 de junho se esqueceram de fazer isso, resultando em falha de pressurização e forçando-os a voltar em emergência

IMG_6439

Não é a primeira vez que pilotos cometem esse erro

Embora raro, incidentes como esse já haviam acontecido antes. Em setembro do ano passado, cerca de 30 passageiros ficaram com sangramentos no nariz e nas orelhas devido à pressão da cabine em um voo da Jet Airways Mumbai a Jaipur.

O motivo? Os pilotos haviam esquecido de ativar a pressurização. As máscaras de oxigênio também foram acionadas, além dos ferimentos dos passageiros. O vídeo abaixo foi gravado a bordo deste voo.

A falta de pressão na cabine pode ser mortal. Em agosto de 2005, a falta de pressurização levou os pilotos a desmaiar e um voo da Helios Airways acabou ficando sem combustível e colidindo com uma montanha, matando todas as 121 pessoas a bordo.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.