A polêmica dos pilotos que filmaram um clássico do futebol segundos antes do pouso

Dois pilotos filmaram a festa e a queima de fogos durante o superclássico argentino Boca x River. O problema é que deixaram de pilotar o avião.

Pilotos Austral
Ambos pilotos da Austral filmam o clássico no pouso

O caso aconteceu na noite de 1º de outubro em um voo da empresa aérea estatal Austral Lineas Aereas, quando esse se aproximava do Aeroparque, no centro de Buenos Aires. Pelo horário do jogo (21h30) e o modelo do avião (Embraer E190), a filmagem ocorreu no pouso do voo AR2779, procedente de Formosa, no avião de matrícula LV-CMA.

O clássico em questão é o de maior rivalidade da Argentina e um dos mais famosos embates futebolísticos do mundo. A bola de River Plate x Boca Juniors rolou no estádio Monumental, maior do país, com capacidade para 70 mil torcedores.

O momento registrado em vídeo pelos pilotos se deu na entrada do time da casa, o River, que fez 2 x 0 no Boca naquela noite, dando um passo importante em sua caminhada rumo à final da Taça Libertadores. No entanto, resta ainda o jogo de volta que será em La Bombonera, fora da rota de pouso de aviões. O vencedor irá enfrentar Flamengo ou Grêmio, que empataram ontem em 1 x 1.

Enquanto em aproximação final para a cabeceira 13 do Aeroparque, ambos os pilotos filmam com seus celulares o foguetório e toda festa para a entrada do River Plate. Veja abaixo o vídeo:

Segurança do voo afetada

Filmagens durante voos são comuns e existem dezenas de canais no YouTube feito por pilotos, mostrando a rotina. Porém, em sua maioria absoluta, são gravações feitas com câmeras fixas e que deixam as mãos do piloto livres.

Não é incomum um piloto filmar o outro durante o pouso, é algo que pode ser permitido dentro da cultura de Pilot Flying e Pilot Monitoring (Piloto efetivamente voando e piloto monitorando). Agora, o fato de ambos estarem filmando é uma violação grave que chegou ao conhecimento da chefia da Austral, subsidiária regional da Aerolíneas Argentinas.

Avião Embraer 190 Austral
Embraer E190 da Austral pousa no Aeroparque

Segundo o periódico Clarín, que divulgou o vídeo na íntegra, a Austral chamou os pilotos no seu departamento de Recursos Humanos (RH) para explicações.

Vale destacar que fogos de artifício podem atrapalhar o pouso, bem como qualquer etapa de um voo de uma aeronave, principalmente à noite. Os clarões podem atrapalhar a visão dos pilotos e o foguete é um artefato explosivo.

Neste tipo de situação, é requerida uma atenção a mais dos pilotos, porém ambos estarem filmando não causou uma boa impressão na empresa, já que o vídeo viralizou na web. E você, o que achou da atitude dos pilotos?

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos