Início Variedades Polícia apreende Boeing 727 após o avião ‘aumentar de tamanho’ na rodovia

Polícia apreende Boeing 727 após o avião ‘aumentar de tamanho’ na rodovia

Um Boeing 727 tem chamado a atenção nas rodovias brasileiras, e agora foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal após “aumentar de tamanho”.

Imagem: CWB Spotter

Como mostramos aqui, o clássico trijato Boeing 727-200F que já foi da brasileira Rio Linhas Aéreas, está sendo transportado de Curitiba para Cuiabá, onde ganhará um novo emprego.

Logo após sair do Aeroporto de Curitiba, em São José dos Pinhais, o avião chamou a atenção de populares, que inclusive deram inicio a um boato infundado de que se trataria de um acidente aéreo.

Polêmicas rocambolesca à parte, com o jato sendo puxado pelo Brasil afora por um caminhão Volvo FH440, ele também chamou a atenção da Polícia Rodoviária Federal, que parou a grande carreta na BR-267, em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul.

Imagem: CWB Spotter

Segundo informações do Blog do Caminhoneiro, a carreta teve toda a documentação checada mas acabou sendo apreendida porque seu tamanho era maior do que o declarado na documentação.

O documento dizia um valor de tamanho e na checagem as medidas estavam 1,30m a mais, o que exige Autorização Especial de Trânsito (AET). Por causa disso, a carreta acabou sendo apreendida até que a situação seja regularizada.

Mas a situação não terminou por aí, já que a empresa responsável pelo transporte alegou que o comprimento estava errado porque “houve uma movimentação da carga durante a viagem, fazendo com que as medidas saíssem do padrão exigido para o referido transporte”.

© Polícia Rodoviária Federal – Blog do Caminhoneiro

Não se sabe se a fuselagem ou as asas escorregaram pela prancha, causando aumento do comprimento total da carreta, mas realmente ficou estranha a justificativa.

Nas imagens divulgadas, é possível ver uma viatura S10 da PRF junto à carreta que levava as asas, mas não foi possível confirmar se foi esta carreta ou a da fuselagem que “cresceu” durante a viagem. Enquanto isso, o avião demorará um pouco mais para chegar ao seu destino.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A