Polícia italiana invade sede da Alitalia em investigação sobre falência premeditada

A polícia italiana invadiu a sede da Alitalia como parte de um caso aberto investigando uma possível premeditação do processo de falência da companhia. Documentos e computadores foram apreendidos pelas autoridades.




A investigação determinará as partes responsáveis pelo déficit da Alitalia em US$ 471 milhões, bem como a administração envolvida nas decisões que, em última instância, levaram à instauração de um processo de falência no Tribunal de Civitavecchia.

As decisões da companhia aérea foram tomadas depois que a Etihad adquiriu uma participação de 49,9% na Alitalia em 2014.

 
Informações pelo Aviator.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.