Início Aviação Executiva Polícia Rodoviária Federal pode herdar o jatinho apreendido com drogas em agosto

Polícia Rodoviária Federal pode herdar o jatinho apreendido com drogas em agosto

Há algumas semanas, a imprensa relatou que a FAB poderia ficar com o jatinho apreendido com drogas, mas uma atualização dessa semana comenta que a máquina pode acabar nas mãos da Polícia Rodoviária Federal do Brasil (PRF).

Foto: Aviapages

A principal força rodoviária policial do país conta, atualmente, com helicópteros em sua frota. Tais máquinas são dos modelos Bell 407 e 412, Airbus EC120, e, mais recentemente, chegaram também os novos Leonardo AW119 Koala, que vieram a bordo de um grande avião Antonov. Esses equipamentos são usados em fiscalizações e transportes especiais, no entanto, para deslocamentos de maior capacidade, com aviões, a PRF hoje depende da Polícia Federal.

Isso poderá mudar. Segundo relatou o portal G1, a Justiça Federal do Ceará atendeu a um pedido da PRF para que ela gerencie e utilize o jatinho Gulfstream G-IV, até que a irmã PF conclua as investigações, que podem resultar na sua liberação, caso comprovado o não envolvimento da dona, a turca ACM, ou pode terminar com o avião tomado e repassado ao poder público, ou até mesmo leiloado.

O Juiz Danilo Fontenele Sampaio Cunha ordenou que a ACM entregue todos os documentos, incluindo manuais e livro de bordo para a PRF, e que a concessionária do aeroporto de Fortaleza dê acesso ao jato para os policiais ou quem forem designados por eles.

O jato turco foi apreendido em agosto no Ceará com uma imensa quantidade de drogas, que o comandante e passageiro não souberam explicar.

A PRF não explicou como irá utilizar o jato, já que sua operação exige treinamento específico dos pilotos e o modelo não é utilizado por nenhuma instituição pública no país. Vale destacar que a decisão é temporária, e que o jato ficará com a PRF até o fim das investigações.

ERRATA: Ao contrário do que afirmamos inicialmente, a PRF conta sim com um avião, o Cessna C208 Caravan de matrícula PR-DOA.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile