Políticos franceses querem banir voos domésticos

Um grupo de políticos franceses está propondo o fim de voos internos (domésticos) como maneira de reduzir emissões de dióxido de carbono.

A ideia é que a França possa atingir a meta do Acordo de Paris assinado em 2016 e que pretende reduzir por 1,5ºC a temperatura mundial até 2050.

Para isso seria necessário reduzir as emissões de carbono no setor de transportes em 30%. A proposta de lei demonstra que um voo Paris – Marselha emite 178kg de CO2 por passageiro, muito acima dos 4,14kg emitido por um passageiro que viaja de trem.

O Ministro do Meio Ambiente da França, Francois Rugy, disse à TV BFM que a proposta “não é tão séria”, afirmando que os trens tem captado diversos passageiros que viajam de avião por diversos motivos e que banir os voos não seria viável porque iria afetar a economia já que o trem não é tão rápido quanto o avião.

O sindicato dos pilotos disse que o projeto é rídiculo e sem fundamento, e que geraria o fim de 72 voos domésticos por dia.

Com informações do Air Transport World.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião Airbus A320neo Azul

Airbus A320 da AZUL reclama de pista curta e obriga piloto...

0
Um voo da Azul Linhas Aéreas entre Porto Alegre e o Santos Dumont, no Rio de Janeiro, não conseguiu completar sua jornada ao aeroporto