Por que o Airbus A380 mais colorido do mundo fez voos a baixa altura sobre Dubai?

A aeronave Airbus A380 que carrega em si a pintura especial da Expo 2020 atraiu olhares e câmeras para os céus enquanto realizava dois voos a baixa altura sobre Dubai na quarta e quinta-feira. A ação tem por objetivo promover o evento mundial e, ao mesmo, ser uma de suas atrações, já que a aeronave sobrevoou o monumental pavilhão onde acontece o evento.

A empresa aérea também comentou que os sobrevoos serão base para um projeto especial a ser revelado em breve pela companhia aérea. Embora o mistério, fotos e vídeos especiais devem surgir em breve, mostrando todos os ângulos desse voo.

A Emirates revelou em 28 de setembro a nova pintura do Airbus A380 de matrícula A6-EEU. No novo esquema de cores, diferente da tradicional pintura branca e dourada da companhia aérea, a nova pintura azul brilhante apresenta gráficos de grande escala em verde vivo, laranja, rosa, roxo e vermelho, que percorrem a fuselagem e vão até à cauda com o distinto logotipo em forma de anel da Expo 2020 Dubai. 

Mensagens especiais ‘Dubai Expo’ e ‘Be Part of the Magic’ (Faça parte da magia) são transmitidas em ambos os lados da fuselagem do A380. As naceles ​​do motor também carregam as mensagens da Expo 2020 Dubai e as datas do evento. O processo de pintura do design da libré e aplicação dos decalques levou 16 dias e 4.379 horas de trabalho para ser concluído.

Informações do rastreamento do voo, obtidas junto à plataforma RadarBox, mostram que foram diversas as voltas realizadas pelo A380 sobre os pontos mais icônicos de Dubai, incluindo não apenas o edifício mais alto do mundo, o Burj Khalifa, mas também as ilhas artificiais, tão famosas nos cartões postais da cidade. Somando os dois dias de apresentação, foram 5 horas de voo sobre a cidade.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias