Por que havia 3 Boeings 747 da Lufthansa, ao mesmo tempo, hoje em São Paulo?

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Dia atípico em Guarulhos – Foto de Danilo Guimarães (cedida)

Um fato inusitado ocorreu neste sábado no GRU Airport, quando três Boeings 747-8 estavam em solo ao mesmo tempo. O “clima de Frankfurt” foi algo inédito no aeroporto paulista, até onde se tem notícia. O registro da rara cena foi feito pelo fotógrafo aeronáutico Danilo Guimarães, que nos cedeu gentilmente a foto que estampa essa reportagem.

Na imagem, é possível ver três 747-8i da Lufthansa, de matrículas D-ABYC, D-ABYD e D-ABYJ. Todos eles ostentam a pintura antiga e clássica da empresa alemã.

Mas, afinal, o que eles estavam fazendo ali, ao mesmo tempo, já que a Lufthansa só tem um voo por dia para São Paulo / Guarulhos?

Segundo informações preliminarmente obtidas, tratou-se de uma combinação de eventos.

O D-ABYD foi o primeiro a chegar, pousando às 4h25 da manhã do dia 21. Era para ele pernoitar em São Paulo e seguir na tarde do dia seguinte, 22, de volta para a Alemanha. Porém, algo aconteceu. Segundo relatos, o piloto deste voo está com suspeita de coronavírus e toda a tripulação está em isolamento num hotel próximo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos (informação que aguarda confirmação da empresa).

Por conta disso, o voo do dia 22 foi cancelado e o avião permaneceu no solo paulista até que uma nova tripulação o viesse buscar.

Avião Boeing 747-8 Lufthansa
Boeing 747-8

O segundo jumbo a chegar foi o D-ABYJ, na madrugada de ontem (24), fazendo voo regular LH506 entre Frankfurt e São Paulo e tinha retorno programado para esse sábado. Provavelmente, nele veio a tripulação que voltaria com o primeiro 747.

Por fim, o terceiro foi o D-ABYC chegou hoje (25) de manhã, também fazendo o voo regular entre a Alemanha e o Brasil, e tem retorno previsto para o domingo (26).

Após terem posado para as fotos lado-a-lado, numa rara coincidência, os dois primeiros foram embora. A aeronave D-ABYD decolou de São Paulo às 17h09 de hoje como LH9871 para Frankfurt, vazia e com uma nova tripulação. Enquanto isso, o D-ABYJ decolou há pouco, fazendo o programado LH507 de volta para a Alemanha. Com isso, resta apenas o D-ABYC, que parte amanhã à tarde.

Entramos em contato com a Lufthansa, que negou a informação de suspeita de covid-19 dentre a tripulação de seus voos, mas não informou porque um Jumbo ficou mais de um dia em Guarulhos.

O destaque pela singularidade do momento é válido porque está cada vez mais raro ver Jumbos de passageiros voando no mundo, quem dirá três de uma mesma empresa e em um aeroporto que só recebe um Jumbo por dia. Recentemente falamos sobre os menos de 90 Boeings 747 de passageiros voando no mundo:

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Dia 9/12: data em que a GOL espera o primeiro voo...

0
Está chegando a hora de ver novamente o Boeing 737 MAX nas operações regulares da GOL. Hoje novas operações foram registradas na ANAC.