Portuguesa TAP bate recorde de voo com o Airbus A321LR

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A321neo A321LR TAP Air Portugal
Airbus A321LR – Imagem: Kevin Hackert / CC BY-NC 2.0, via Flickr

A companhia aérea TAP Air Portugal registrou um novo recorde de voo com o avião de corpo estreito (narrowbody) A321LR fabricado pela Airbus.

Segundo divulgado por Arik De, Gerente de Malha e de Receitas da empresa, um voo de 10 horas e 7 minutos foi feito do Aeroporto Internacional Mavalane, de Maputo, em Moçambique, para o Aeroporto Internacional Nelson Mandela, de Praia, em Cabo Verde, registrando o mais longo percurso já feito por uma companhia aérea com a variante de longo alcance (LR) do A321neo da Airbus.

Segundo dados de rastreamento ADS-B, tal feito ocorreu na última segunda-feira, 29 de março, quando o A321LR registrado sob a matrícula CS-TXA partiu de Maputo às 08h59 UTC (10h59 do horário local) no voo de número TP9302, e pousou em Praia às 19h06 UTC (18h06 locais). A distância é de cerca de 7.500 km.

O A321LR durante o voo de mais de 10 horas – Imagem: FlightRadar24

Apesar do recorde, entretanto, é importante ressaltar que não se tratava de um voo padrão de transporte de passageiros. Segundo informações da TAP, este foi um voo de posicionamento, portanto, a aeronave voava muito mais leve do que em uma operação padrão, possibilitando um menor consumo de combustível e o consequente maior alcance.

O recorde anterior havia sido registrado em janeiro deste ano, pela também portuguesa Azores Airlines, num voo entre Lisboa e Bogotá, na Colômbia, em que foram percorridos cerca de 7.250 km.

Ao todo, foram 9 horas e 49 minutos de voo, realizados no Airbus A321LR de matrícula CS-TSI. O voo também não era regular, mas sim fretado, porém sem maiores informações sobre quem teria alugado o jato e qual a finalidade do longo voo.

Estratégia diferenciada

O Gerente da TAP também destaca que a empresa portuguesa atualmente possui mais jatos A321LR do que qualquer outra empresa, o que a permite criar uma estratégia de ligar quatro continentes com seu hub em Lisboa utilizando aviões de corpo estreito.

Atualmente, em meio à pandemia, as aeronaves têm sido usadas principalmente para voos transatlânticos diretos de Lisboa para Nova York, Boston e Washington, mas já chegaram a voar para outros países, como Canadá e Brasil, por exemplo. A TAP tem 17 A321neo na frota, sendo 11 da variante LR. O mais recente deles, o CS-TXG, foi recebido no último dia 26 de março.

O A321LR é uma versão modificada do A321neo, o best-seller da Airbus que está tomando o espaço do Boeing 757. Seus novos motores promovem uma economia de 30% quando comparado aos aviões de geração anterior, e, além disso, na versão LR são instalados tanques extras para aumentar o alcance.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Pesquisa nos EUA coloca GOL dentre as piores para os passageiros

0
A pesquisa analisou fatores como atendimento dos colaboradores, refeições serviços, conforto a bordo e entretenimento a bordo.