Pousa no Brasil o segundo Boeing 737 MAX 8 que um dia vai ser da Gol

Foto ilustrativa: Vihaannnn, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia

Na última sexta-feira (15), pousou no aeroporto internacional de Confins, na Região Metropolitana de BH, o Boeing 737 MAX 8 de matrícula N536RL (msn 44864). Apesar da matrícula americana, essa aeronave deverá ser incorporada em breve pela Gol Linhas Aéreas com um registro brasileiro a ser divulgado.

Esse é o segundo jato a chegar no Brasil como fruto de um arrendamento junto à GECAS. As duas aeronaves que estão em território brasileiro são fruto de uma encomenda original da indiana Jet Airways, que foi à falência e teve seus pedidos encerrados.

O outro jato, de matrícula N533RL (msn 43615) chegou no começo de agosto e deverá receber a matrícula PS-GPA. Ele será o primeiro avião da GOL com o prefixo PS-, sendo que a empresa até agora só utiliza aviões com prefixo PR-, mas em março deste ano tinha reservado aviões com esta nova série liberada pela ANAC, como mostramos aqui.

Imagem: Radarbox

Apesar de terem três anos de idade, essas aeronaves nunca voaram comercialmente. Não há informação pública sobre uma data para serem registradas pela GOL e incorporadas à frota.

Também não publicidade sobre quantas aeronaves ex-Jet Airways virão para a GOL, mas estes aviões chegaram com configuração de assentos da empresa indiana, que inclui a executiva e tem capacidade para 174 passageiros, sendo que a GOL tem hoje os seus 737 MAX 8 configurados para 186 passageiros – imagina-se que eles sejam reconfigurados.

Até o momento, a Gol já incorporou à frota 14 Boeing 737 MAX. Nos próximos dias, mais um chega direto da fábrica. A expectativa da empresa é terminar o ano com 28 unidades.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias