Prejuízo líquido do grupo LATAM Airlines foi de R$ 1,29 bilhão em julho

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Boeing 787-9 LATAM
Imagem: Oliver Holzbauer / CC BY-SA

Em decorrência de seu processo de recuperação judicial sob o Chapter 11 dos Estados Unidos, o grupo LATAM Airlines tem a obrigação de reportar mensalmente a evolução de sua situação financeira através de um Reporte Operacional Mensal (MOR na sigla em inglês).

Destacando que o MOR representa apenas resultados preliminares e não auditados, que não substituem os reportes financeiros regularmente emitidos de acordo com a lei de valores mobiliários ou a regulamentação aplicável, a empresa emitiu na última sexta-feira o documento referente ao mês de julho de 2020.

Conforme os dados apresentados, o prejuízo operacional referente ao período de 1º de julho até 31 de julho foi de US$ 147,9 milhões, ou cerca de R$ 804 milhões na conversão atual do dólar para o real.

Este resultado operacional negativo é composto, segundo o MOR, pelos seguintes itens:

– Receitas operacionais (+ US$ 215,3 milhões)

  • Passagens aéreas: + US$ 50,3 milhões
  • Carga: + US$ 92,7 milhões
  • Outras: + US$ 72,3 milhões

– Despesas operacionais (- US$ 363,3 milhões)

  • Salários e benefícios: – US$ 74,5 milhões
  • Combustível aeronáutico: – US$ 31,9 milhões
  • Depreciação e amortização: – US$ 83,9 milhões
  • Taxas de aluguel e pouso: – US$ 79,0 milhões
  • Outras despesas: – US$ 93,9 milhões

Este prejuízo operacional de US$ 147,9 milhões, associado a outras receitas e despesas não relacionadas às operações, resulta no em prejuízo líquido de US$ 237,1 milhões, ou R$ 1,29 bilhão na conversão atual da moeda.

Tabela MOR Dados Operacionais LATAM Julho 2020
Dados operacionais da LATAM Airlines em julho/2020 – Fonte: LATAM Airlines

O resultado do mês de julho, influenciado pela gradativa, mas ainda lenta, recuperação do mercado aéreo, representa uma pequena melhora em relação aos dados do 2º trimestre reportados pela LATAM.

Segundo o reporte da companhia, entre abril e junho de 2020 o prejuízo líquido havia sido de R$ 4,8 bilhões, o que representa uma média de R$ 1,6 bilhão ao mês. Ou seja, o prejuízo de julho foi cerca de 20% menor do que a média dos três meses anteriores.

Com informações oficiais da LATAM Airlines

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Governo inclui profissionais do setor aéreo como prioritários na vacinação

0
Trabalhadores dos setores aéreo, rodoviário, ferroviário, portuário e aquaviário serão priorizados pelo Ministério da Saúde.